Para ver na TV No Coração do Mar

Baseado no livro homônimo de Nathaniel Philbrick, “No Coração do Mar” nos apresenta a história que inspirou a famosa obra “Mobi Dick” de Herman Melville.

Em 1820, o navio “Essex” foi atacado por uma baleia cachalote, que fez com que ele afundasse rapidamente.

Os marinheiros que sobreviveram ao naufrágio e aos meses que ficaram perdidos em alto mar, fizeram relatos sobre a baleia enfurecida e sobre o sofrimento que passaram devido à desidratação e inanição que os levou a cometer até o canibalismo.

O historiador Philbrick, através de uma séria pesquisa em cima desse material relatado pelos marinheiros do Essex e seu conhecimento marítimo, reconstituiu em detalhes a tragédia, na qual deu vida em seu livro.

O diretor Ron Howard, munido deste best seller, consegue mostrar em seu filme uma realidade diferente, onde o óleo das baleias era “a luz do mundo” literalmente.

O longa tem incríveis efeitos especiais, as cenas com as baleias são extremamente bem feitas, além de contar com ótimas atuações de seu elenco.

No filme conhecemos Herman Melville, um escritor que procura a nova história para seu livro. Ele conhece a história do naufrágio do Essex e vai à procura do último sobrevivente para conhecer o que realmente aconteceu em alto mar.

Ele então conhece Thomas Nicherson, o homem que conviveu ainda jovem com as duas principais figuras desse evento, o Capitão George Pollar e o Primeiro Oficial Owen Chase.

Através dele ficamos sabendo como era difícil a relação entre os dois homens que comandavam o navio, e pior ainda, como foi difícil sobreviver a um gigante do mar que se enfureceu com os homens.

Um filme que fala sobre o homem, a natureza, e a luta pela sobrevivência de ambas as partes.

Se você puder assistir no Imax, sua experiência será melhor ainda. Recomendo!

Título Original: In The Heart of The Sea

Gênero: Aventura

Duração: 2 horas e 02 minutos

Ano de Lançamento: 2015

Direção: Ron Howard

Elenco: Chris Hemsworth, Benjamin Walker, Cillian Murphy, Ben Whishaw, Tom Holland (II), Brendan Gleeson, Charlotte Riley, Frank Dillane.

RITA VAZ

TUDO SOBRE FILMESwww.ritavazm.blogspot.com.br

 

Milton Nascimento apresenta Semente da Terra

Temática social presente no repertório é a marca do novo projeto do artista para 2017. O show tem direção musical de Wilson Lopes (que também toca guitarra e violão), o show conta com participações de  Beto Lopes (sete cordas), do baterista Lincoln Cheib, e do contrabaixo de Alexandre Ito; dos vocais de Barbara Barcellos e dos metais de Widor Santiago. Única apresentação dia 19 de agosto, às 21h, no Guairão.

O nome do show tem relação direta com a campanha que o cantor iniciou em 2016, que tem como objetivo repassar parte do lucro obtido com a venda de camisetas de sua marca (Nascimento) para tribos Guaranis de Mato Grosso do Sul.

Ao longo de mais de cinquenta anos de uma premiada carreira internacional, Milton Nascimento já abraçou diversas causas sociais e militou ao lado dos grupos ambientais mais importantes do mundo. Realizou projetos aclamados pela crítica ao mesmo tempo em que despertava a opinião pública para a situação de índios (Txai), negros (Missa dos Quilombos), trabalhadores sem terra (Levantados do Chão), mulheres (Pietá) e crianças (Ser Minas Tão Gerais). E enquanto cantava pelo mundo seus grandes sucessos, nunca deixou de lado a mensagem social de sua música.

Com direção musical de Wilson Lopes (que também toca guitarra e violão), o show conta ainda com a presença de seu irmão, Beto Lopes (sete cordas), do baterista Lincoln Cheib, além do contrabaixo de Alexandre Ito, dos vocais de Barbara Barcellos e dos metais de Widor Santiago.

O repertório foi escolhido através de uma seleção com forte conotação política e social que foi sendo afiada em suas três últimas turnês: "Uma Travessia - 2012", "Linha de Frente" - em parceria com Criolo em 2014, e a Tour "Tarde", realizada em 2015.

Serviço
Milton Nascimento no show Semente da Terra
Dia dia 19 de agosto, às 21h
Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto – Guairão
Classificação livre
Ingressos: PLATEIA: R$ 300,00; 1º BALCÃO: R$ 250,00; 2º BALCÃO: R$ 170,00 + R$ 6,00. Desconto de 50% para o Clube Gazeta do Povo

 

Alexandre Pires no Projeto DNA Musical

Artista completo que é (cantor, compositor, músico, instrumentista, dançarino), Alexandre Pires e banda apresentam o show inédito do Projeto DNA Musical no dia 12 de agosto (sábado) em Curitiba. O show acontece no Teatro Positivo com produção e realização da RW 7 Production & Entertainment.

Além do inédito Projeto DNA Musical, Alexandre Pires apresenta sucessos da carreira do SPC e solo. O projeto DNA Musical resgata 24 faixas que marcaram sua formação musical e como artista, especialmente canções aprendidas dentro de casa com a família, uma homenagem necessária ao nosso songbook nacional, em um momento em que as rádios estão saturadas por artistas internacionais, sem espaço para a MPB, e que o mundo ouve música de forma difusa e espalhada, através da internet, do YouTube e de playlists em plataformas musicais.

O show acontece no dia 12 de agosto (sábado) a partir das 21h15 no Teatro Positivo (Rua Professor Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300 – Campo Comprido). Os ingressos  estão à venda pelo Disk Ingressos (http://www.diskingressos.com.br/evento/5356) ou (41) 3315-0808. Os ingressos custam de R$160 a R$400 inteira com meia-entrada para Estudantes, Idosos, Doadores de Sangue, Professores, Portadores de Necessidades Especiais, Portadores de Câncer. Há ainda descontos especiais de 50% para Cartão Fidelidade Disk Ingressos (titular + 1), Programa de Benefícios do Teatro Positivo (titular + 1), Associados OAB com carteirinha funcional OAB/PR, Funcionários da CAA/PR e OAB/PR com apresentação do crachá. Descontos não cumulativos. Não se aplicam sobre outros descontos concedidos por lei e a outras promoções. A classificação é livre. O show conta com a produção e realização da RW 7 Production & Entertainment. Saiba mais em http://www.facebook.com/Rw7ProductionEntertainment.

 

Alexandre Pires

Artista completo que é (cantor, compositor, músico, instrumentista, dançarino...), Alexandre Pires é também um músico que sabe e reconhece de onde veio, sem nunca deixar de olhar para o futuro e inovar. Maior prova de ambas afirmações é seu mais novo projeto, DNA Musical. 

Resgatando 24 faixas que marcaram sua formação musical e como artista, especialmente canções aprendidas dentro de casa com a família, Alexandre presta uma homenagem necessária ao nosso songbook nacional, em um momento em que as rádios estão saturadas por artistas internacionais, sem espaço para a MPB, e que o mundo ouve música de forma difusa e espalhada, através da internet, do YouTube e de playlists em plataformas musicais. Neste momento de transição, Alexandre aposta no gênero que o formou.

Nascido de uma vontade de cantar os clássicos que levaram Alexandre a cantar, o projeto conta também com um forte e poético braço audiovisual, dirigido por Paula Lavigne em parceria com Fernando Young, e com a direção de arte de Batman Zavareze. Cada faixa do álbum ganhou imagens de qualidade à altura, enobrecendo ainda mais o já grandioso DNA Musical de Alexandre. 

Gravado na Cidade das Artes em novembro de 2016, a videolist (um videoalbum de todas as faixas) é um projeto inédito para artistas brasileiros. Acompanhando as empreitadas internacionais de reconhecidos artistas - como o intenso “Lemonade”, videoalbum de Beyoncé indicado ao Emmy ou belo e simples “Endless”, de Frank Ocean - Alexandre traz uma resposta criativa, artística e inteligente ao novos tempos da música em conteúdo digital.

Como hoje não basta apresentar um trabalho musical em áudio, mas, sim, trazer ao mundo um reflexo imagético do mesmo que corresponda e até ultrapasse o primeiro, Alexandre inaugura com maestria um campo ainda desconhecido para artistas brasileiros, bebendo na sua maior e mais poderosa fonte: sua vida. Durante as 24 faixas, projeções em mapping vão revelando todo o universo de Alexandre, inspiradas em sua história: de seus filhos, pais e família, passando por sua cidade natal de Uberlândia, até obras de arte de nomes consagrados como Oscar Niemeyer.

Mesclando passado, presente e futuro, DNA Musical é a medida exata entre a modernidade e a nostalgia, criando um paralelo entre tudo que é importante na vida de Alexandre: sua família, que gera a base onde todo o projeto nasceu, e seus ícones da música, que de distintas formas estão presentes no projeto, cantando com ele ou aparecendo nas projeções: Caetano Veloso, Gilberto Gil, Chico Buarque (que apesar de não cantar, empresta seu belo e profundo olhar, literalmente, para o projeto), Djavan, Martinho da Vila, Jorge Ben Jor e Seu Jorge.

Lançado em março de 2017 o projeto conta com um show que reproduz toda a aura do DNA Musical, levando a todo o país esse inspirado e tocante agradecimento ao mundo musical que criou, moldou e forjou um dos maiores artistas de nossa contemporaneidade.

Serviço:
Alexandre Pires e Banda apresentam músicas do Projeto DNA Musical, além de sucessos da carreira do SPC e Alexandre Pires solo
Data: 12/08 (sábado) – 21h15 (abertura do teatro às 20h15)
Local: Teatro Positivo (Rua Professor Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300 – Campo Comprido) Ingressos à venda: http://www.diskingressos.com.br/evento/5356 ou (41) 3315-0808
Setores: Setor Azul R$160 inteira (meia-entrada R$80,00); Setor Laranja R$200,00 inteira (meia-entrada R$100,00); Setor Verde R$260,00 inteira (R$130,00 meia-entrada); Setor Amarelo R$320,00 inteira (R$160,00 meia-entrada); Setor Prata R$400 inteira (R$200,00 inteira).
Meia-entrada: Estudantes, Idosos, Doadores de Sangue, Professores, Portadores de Necessidades Especiais, Portadores de Câncer.
Descontos especiais: 50% de desconto para Cartão Fidelidade Disk Ingressos (titular + 1), Programa de Benefícios do Teatro Positivo (titular + 1), Associados OAB com carteirinha funcional OAB/PR, Funcionários da CAA/PR e OAB/PR com apresentação do crachá. Descontos não cumulativos. Não se aplicam sobre outros descontos concedidos por lei e a outras promoções.
Classificação: Livre

 

ABBA The History – A Tribute Show

Combinando vocais, musicalidade, trajes autênticos e réplicas fiéis daqueles usados pelo ABBA, chega nesta semana em Curitiba, o “ABBA The History – A Tribute Show”, considerado pelo público e crítica o melhor tributo ao quarteto sueco da América Latina.Com realização da MCA Concerts, o espetáculo acompanhado por um coral e orquestra acontece na sexta, dia 04 de agosto, em única apresentação no palco do Teatro Positivo – Grande Auditório (R: Pedro Viriato Parigot de Souza, 5.300) às 21horas.

No show, com duração de 90 minutos, Paty Andrade, Najah Falcon, Diego Sena e Jheff Saintsinterpretam os músicos Anni-Frid "Frida" Lyngstad, Agnetha Fältskog, Björn Ulvaeu e Benny Andersson, respectivamente. Há quatro anos, o quarteto viaja o Brasil acompanhado por uma banda de apoio especialmente pensada para reproduzir de maneira fiel a formação vocal e instrumental do quarteto original. Ele executam lados B e os grandes clássicos, como “Dancing Queen”, “Mama Mia”, “Chiquitita” e “Waterloo”, que marcaram gerações.

As luzes se apagam, os primeiros acordes chegam aos ouvidos da plateia, lentamente os integrantes preenchem o palco, os holofotes se acendem e a mágica acontece: o teatro se transforma em uma grande discoteca. Este é o espetáculo “ABBA The History – A Tribute Show”, uma das mais incríveis homenagens já criadas ao grupo ABBA. Este show capta a imagem, a música e a personalidade do grupo sueco ABBA, uma das bandas de maior sucesso na história da música pop e uma das grandes líderes da disco music, fenômeno musical que contagiou o mundo no final dos anos 70.

"Ouvimos muitas músicas para fazermos a seleção de repertório. Assistimos aos videoclipes e ao documentário ABBA The Movie (1977), que faz a cobertura da turnê australiana e que nos deu base para estudar os trejeitos e o comportamento dos integrantes nos shows ao vivo. Também estudamos o Musical Mamma Mia, que traz versões mais contemporâneas dos sucessos do Abba. Tudo isso nos ajudou no processo de criação! E pra completar, fazemos laboratório constantemente, gravando nossos ensaios semanais, dos quais sempre postamos algum trecho para os fãs", diz um dos integrantes.

''Inicialmente estudamos os timbres de cada integrante para que a harmonização vocal se assemelhasse bastante à do quarteto original. Refizemos arranjos e demos uma nova roupagem aos clássicos do ABBA, mas sem descaracterizar as canções, em respeito aos fãs mais fiéis”.

Osingressos estão disponíveis e osvalores variam de R$80,00 (meia-entrada) a R$230,00 (inteira), de acordo com o setor. Plateia Premium- R$230,00 (inteira) e R$ 120,00 (meia-entrada)/Plateia Inferior- R$190,00 (inteira) e R$100,00 (meia-entrada)/Plateia Superior- R$150,00 (inteira) e R$80,00 (meia-entrada). A meia-entrada é válida para estudantes, pessoas acima de 60 anos, professores, doadores de sangue e portadores de necessidades especiais (PNE) e de câncer. Portadores do cartão fidelidade Disk Ingressos e associados do programa de benefícios Teatro Positivo possuem 50% de desconto na compra de até dois bilhetes por titular.Promoções não cumulativas com descontos previstos por Lei.****Já está incluso R$10,00 de acréscimo por bilhete referente à taxa de administração Disk Ingressos.Os ingressos podem ser adquiridos através doDisk Ingressos(Loja Palladium - de segunda a sexta, das 11hs às 23hs, aos sábados, das 10 às 22 horas, e aos domingos, das 14 às 20hs, -  e quiosques instalados nos shoppings Mueller e Estação-de segunda a sábado, das 10hs às 22hs, e aos domingos, das 14hs às 20hs),Call-center Disk Ingressos (41) 33150808 (de segunda a sexta, das 9h às 22hs, e aos domingos, das 9 às 18hs), na bilheteria do teatro (de segunda a sexta, das 9 às 21hs, e aos sábados, das 9hs às 18hs) e pelo portalwww.diskingressos.com.br.É obrigatória a apresentação do documento previsto em lei que comprove a condição do beneficiário, na compra do ingresso e na entrada do teatro.

SERVIÇO:
ABBA The History – A Tribute Show
Quando
04 de agosto de 2017 (Sexta)
Local: Teatro Positivo – Grande Auditório (R. Pedro Viriato Parigot de Souza, 5.300) 
Horários:  Abertura do teatro: 20h / Ínicio do espetáculo:21h
Duração do show: 
cerca de 90min
Ingressos:
variam de R$80,00 (meia-entrada) a R$230,00 (inteira), de acordo com o setor.
Plateia Premium- R$230,00 (inteira) e R$ 120,00 (meia-entrada);
Plateia Inferior- R$190,00 (inteira) e R$100,00 (meia-entrada);
Plateia Superior- R$150,00 (inteira) e R$80,00 (meia-entrada).
A meia-entrada é válida para estudantes, pessoas acima de 60 anos, professores, doadores de sangue e portadores de necessidades especiais (PNE) e de câncer. Portadores do cartão fidelidade Disk Ingressos e associados do programa de benefícios Teatro Positivo possuem 50% de desconto na compra de até dois bilhetes por titular.
Promoções não cumulativas com descontos previstos por Lei.
***Já está incluso R$10,00 de acréscimo por bilhete referente à taxa de administração Disk Ingressos.

Forma de Pagamento: Dinheiros e cartões de crédito/débito Visa e Mastercard.
Pontos de Venda: Disk Ingressos (Loja Palladium - de segunda a sexta, das 11h às 23h, aos sábados, das 10h às 22h, e aos domingos, das 14h às 20h, -  e quiosques instalados nos shoppings Mueller e Estação de segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos, das 14h às 20h)Call-center Disk Ingressos (41) 33150808 (de segunda a sexta, das 9h às 22h, e aos domingos, das 9h às 18h), na bilheteria do teatro Positivo (de segunda a sexta, das 9h às 21h, e aos sábados, das 9h às 18h), na bilheteria do teatro Guaíra (de terça a sábado, das 12h às 21h)  e pelo portal www.diskingressos.com.br.
**Entrega em domicílio com taxa de entrega.
Classificação etária: 14 anos
Informações p/ o público: (41) 33150808 / 33173283
Realização: MCA Concerts

 

Bruno & Marrone – Show inédito “Ensaio”

Bruno & Marrone apresentam show inédito da turnê “Ensaio” no dia 28 de julho (sexta-feira) no Grande Auditório do Teatro Positivo em Curitiba. A dupla, considerada referência entre os sertanejo por acumular sucessos consecutivos, apresenta sucessos dos 30 anos de carreira (2016) com cenário moderno, produção que acompanha a turnê com leds e luzes e banda completa.

Romantismo, ritmos dançantes e os boleros, orquestram o repertório. “Dormi na praça”, “Choram as rosas” e “Por um minuto” são alguns sucessos marcantes dos amigos que estão presente no show.  No repertório estão sucessos dos 30 anos de estrada, além de músicas do DVD “Ensaio” que tem destaque para a mais nova música de trabalho “Enquanto eu brindo cê chora”. A grande magia deste show acompanha a máxima de que a dupla só melhora com o tempo e a cada dia suas canções caem mais no gosto do povo.

A apresentação acontece no dia 28 de julho (sexta-feira) às 21h15 (abertura das portas às 20h15) no Teatro Positivo (Rua Professor Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300 – Campo Comprido). Os ingressos estão à venda pelo Disk Ingressos (http://www.diskingressos.com.br/evento/5363) ou (41) 3315-0808. Os ingressos custam de R$140,00 a R$660,00. Meia-entrada para Estudantes, Idosos, Doadores de Sangue, Professores, Portadores de Necessidades Especiais, Portadores de Câncer. Descontos especiais (50% de desconto) para Cartão Fidelidade Disk Ingressos (titular + 1); Programa de Benefícios do Teatro Positivo (titular + 1); Associados OAB com carteirinha funcional OAB/PR; Funcionários da CAA/PR e OAB/PR com apresentação do crachá. Descontos não cumulativos. Não se aplicam a outros descontos concedidos por Lei e outras promoções. A classificação é livre. A produção e realização é da RW 7 Production & Entertainment e parceria com a CWB Brasil. Saiba mais em http://www.facebook.com/Rw7ProductionEntertainment.

Bruno & Marrone

“...seu guarda eu não sou vagabundo, não sou delinqüente, sou um cara carente eu dormi na praça, pensando nela. Esse foi o refrão mais cantado no ano 2000. Enquanto a música ecoava pelo país, uma pergunta surgia: Quem canta aquela “música da praça”? Passados alguns anos, não restava nenhuma dúvida, os cantores de “Dormi na Praça” e de dezenas de sucessivos hits são Bruno & Marrone agora, completam 30 anos de carreira neste ano (2016), tem 18 CD’s e 6 DVD’s gravados. 

História que para muitos parece recente, mas não é. Vinícius e José Roberto, nomes de batismo dos dois, se conheceram por uma das obras que só o destino é capaz de causar. O cantor Leonardo, amigo comum dos dois, apresentou. Marrone tinha um sonho de formar uma dupla, mas ainda não tinham encontrado o parceiro ideal.

Bastou um encontro, um violão e uma canção para que se cumprisse o que Alguém, seguramente, escreveu. Isso mesmo, quais seriam as reais chances de um balconista de farmácia conhecer um filho de trabalhadores rurais, sem frequentarem os mesmos lugares e, nem mesmo, terem amigos em comum? O que na verdade os uniu foi o sonho de ambos, seguir carreira como cantores. 

Temperamentos diferentes, humores e opiniões também. A pura tradução da tão conhecida lei da física de que os opostos se atraem. Diríamos mais: Se atraem e se completam! E foi isso que fez e faz com que Bruno & Marrone estejam juntos há 30 anos. Eles se tornaram irmãos de alma.

Toda essa união não seria suficiente se eles não tivessem determinação. Paciência tinha outra denominação para a dupla, certeza. No fundo Bruno & Marrone sabiam que o dia deles chegaria. Esperaram 10 anos para gravar o primeiro CD. Enquanto isso, cantavam pelos bares da vida. Conheciam pessoas, sentimentos e situações que fariam de Bruno um dos maiores compositores da história da música sertaneja.

Os anos de espera deram maturidade, sabedoria e finalmente a grande chance de vencer. Depois de portas e portas fechadas, decidiram tomar as rédeas da carreira. Regravaram, “Dormi na praça”, canção gravada no primeiro álbum, e sinalizaram para a gravadora que seria essa a faixa de trabalho. Não deu outra! De 2000 para cá, Bruno & Marrone venderam mais de dez milhões de CDs, seus DVD's encabeçam a lista dos mais vendidos. Ganharam um Grammy Latino, suas músicas invadiram as rádios e conquistaram o país de norte a sul. Não seria justo, citar alguns sucessos. Porque faltariam muitos outros, podem apostar.

Hoje a realização de Bruno & Marrone tem forma de multidão de fãs. Fãs que lotam os shows e fazem da dupla recordista de público por onde passa, fãs de todas as idades. Fãs que levaram Bruno & Marrone as lágrimas em Goiânia, ao cantarem no palco principal da Exposição Agropecuária.  Bruno & Marrone figuram entre os maiores expoentes do mercado fonográfico no Brasil e estão nesta estrada há 30 anos, a data deve ganhar um DVD comemorativo até o final deste ano. Recentemente os artistas se uniram à Chitãozinho e Xororó e gravaram o projeto Clássico, DVD que reúne sucessos de ambas as duplas e algumas inéditas, o trabalho deve ser lançado em outubro de 2016. 

Ouvir Bruno & Marrone é como ouvir o nosso coração, com batidas traduzidas em forma de melodia, sentimentos em forma de letras e interpretadas por vozes que revelam nossas emoções. Num tom sempre alto, sempre afinado e sempre marcante.

 

Serviço:
Bruno & Marrone – Show inédito “Ensaio” com B&M e banda completa
Data: 28/07 (sexta-feira) – 21h15 (abertura do teatro às 20h15)

Local: Teatro Positivo (Rua Professor Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300 – Campo Comprido) Ingressos à venda: http://www.diskingressos.com.br/evento/5363 ou (41) 3315-0808
Ingressos: Setor Azul: Esgotado; Setor Vermelho: R$180,00 (R$90,00 meia-entrada); Setor Branco: R$220,00 (R$110,00 meia-entrada); Setor Laranja: R$280,00 (R$140,00 meia-entrada); Setor Verde: R$340,00 (R$170,00 meia-entrada); Setor Cinza: R$420,00 (R$210,00 meia-entrada); Setor Amarelo: R$480,00 (R$240,00 meia-entrada); Setor Rosa: R$540,00 (R$270,00 meia-entrada); Setor Marrom: R$660,00 (R$330,00 meia-entrada).
Meia-entrada: Estudantes, Idosos, Doadores de Sangue, Professores, Portadores de Necessidades Especiais, Portadores de Câncer.
Descontos especiais: 50% de desconto para Cartão Fidelidade Disk Ingressos (titular + 1); Programa de Benefícios do Teatro Positivo (titular + 1); Associados OAB com carteirinha funcional OAB/PR; Funcionários da CAA/PR e OAB/PR com apresentação do crachá. Descontos não cumulativos. Não se aplicam a outros descontos concedidos por Lei e outras promoções.
Classificação: Livre

 

Tontura em crianças pode ser grave

A tontura é qualquer sensação de alteração no equilíbrio corporal. São vários os tipos de tontura, sendo a do tipo rotatória e denominada como vertigem a mais comum. Neste tipo, a criança sente o ambiente girar ao seu redor ou tem a sensação de seu corpo estar rodando.

A tontura em crianças ocorre com mais frequência do que se imagina e chega a oscilar em 15%, segundo estudos da Universidades Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), em crianças em idade escolar. Porém, para a Dra. Marcia Kii, Otorrinolaringologia do Instituto Ganz Sanchez, essa incidência pode ser maior. “Como ocorre a dificuldade no reconhecimento do sintoma pois as crianças costumeiramente não relatam como tontura e sim como dor de cabeça e dor de barriga. Existe também a dificuldade na identificação pelos pais, pediatras, neurologistas e otorrinolaringologistas, o que sugestiona que esse índice tende a ser superior”, detalha a médica.

Dependendo do motivo, a partir de meses de vida a criança já pode sentir tontura e as causas mais frequentes são a enxaqueca vestibular, insuficiência unilateral vestibular devido à labirintite, vertigem de posicionamento, além das síndromes somatoformes, quando há a presença do sintoma físico, porém, sem alteração clínica evidente, sendo mais comum em adolescentes.

Marcia Kii, doutora em ciências pela Faculdade de Medicina da USP, explica que a vertigem pode ser causada por um desprendimento dos cristais contidos dentro do labirinto. “Os cristais que ficam no labirinto, região que proporciona o equilíbrio, saem do lugar  habitual e assim surge a sensação de tontura. Esse distúrbio tem sido encontrado com muita frequência nos dias de hoje devido aos erros alimentares e hábitos de vida inadequados.”

A Enxaqueca Vestibular, que ocorre no sistema nervoso, se trata da associação entre a enxaqueca e as tonturas pode ser a responsável por até 40% das vertigens em crianças de até os dez anos de idade e podem ser enumeradas muitas causas para os distúrbios de equilíbrio: "A lista é extensa para as causas, como o traumatismo craniano, a neurite vestibular. Até mesmo problemas comuns como as rinites, gripes e resfriados que obstruem a tuba auditiva e levam frequentemente ao acúmulo de líquido na orelha média e otites, e também efeitos colaterais de alguns medicamentos podem ser considerados na investigação da criança com este tipo de sintoma”, detalha a médica,

Os pais e os médicos devem ficar atentos para a realização de uma audiometria, exames laboratoriais e de outros, de acordo com o quadro de cada paciente para que se que possa identificar a origem da vertigem, como explica Dr. Márcia Kii: “A vertigem pode ter uma infinidade de causas sistêmicas, como distúrbios vasculares, metabólicos, hepáticos, sanguíneos (anemia), infecciosos (parasitoses intestinais) e inúmeras doenças que causam este sintoma como parte de seu quadro clínico.”

Com frequência, ocorrem as perturbações funcionais do sistema vestibular infantil e as alterações no desenvolvimento motor (representações de partes do corpo e orientação, além da posição dentro do ambiente podem sofrer alterações). “ Como consequência, além do aspecto do desenvolvimento motor, a linguagem falada e escrita pode ser prejudicada, assim como seu comportamento psicológico. Além disso, o rendimento escolar pode cair, pois atinge as funções cognitivas, até levar ao um isolamento social.”, complementa a especialista.

Dra. Marcia Kii detalha os principais sintomas apresentados pelas crianças que sofrem com a tontura:

- Mal-estar indefinido; dores de barriga frequentes e sem causa, além de cefaleia (principalmente após os movimentos). Náuseas, vômitos, enjoo em veículos e distúrbios visuais são comuns.

- Medo de altura, inabilidade para realizar movimentos coordenados, dificuldade em permanecer por muito tempo na mesma posição e assim procurar sempre por uma que seja mais confortável para que tenha sensação de equilíbrio.

- Cansaço excessivo (sem explicação), agitação, dificuldade de concentração, mudança súbita de comportamento, perturbações do sono e sensibilidade aos sons ocorrem com frequência e as crianças menores podem ter dificuldade em retirar a fralda.

-  Percepções imprecisas de tamanho, peso, estrutura corporal, de dimensões de objetos, da distância, da posição espacial ou da relação com objetos circundantes, quedas ou tendência às quedas.

- Atraso de desenvolvimento motor, da linguagem escrita ou falada.

- Evita determinados brinquedos (brinquedos altos ou que geram movimentos, como gira-gira e montanha russa), além do isolamento ou dificuldade de se socializar durante o recreio.

Como tratar?

Dra. Márcia detalha que, em média, recebe 2 a 3 pacientes por mês em seu consultório, muitos deles adolescentes, informa que o tratamento está baseado primeiramente na realização de exames, reeducação alimentar e postural, fisioterapia, psicoterapia, em medicamentos, além da reabilitação vestibular.

Sobre a médica:

Dra. Márcia Kii é Otorrinolaringologista do Instituto Ganz Sanchez com doutorado em Ciências pela Disciplina de Otorrinolaringologia da Faculdade de Medicina da USP e Especialista em Zumbido, Hipersensibilidades auditivas e outras afecções do ouvido.

 


Página 1 de 12
Copyright © 2011 Acontece Curitiba. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por LinkWell.