Di Ferrero e Fernanda Tavares Bazar Lovetogther

346434 825853 img 9929 web

 

No último final de semana (15 e 16/09) aconteceu mais uma edição do bazar Lovetogether na loja da Iódice, Oscar Freire, em São Paulo.

O evento, que tem como objetivo arrecadar fundos para levar água para o sertão do Nordeste através de poços artesianos, contou com doações de celebridades e simpatizantes da causa como Isabella Fiorentino, Arlindo Grund, Marcela Tranchesi, Monica Salgado, Valdemar Iódice, entre outros.  

Entre os presentes estavam os padrinhos  do projeto Di Ferrero, Fernanda Tavares e Valdemar Iódice.

 

346434 825854 img 9916 web

 

IÓDICE

SAC (11) 3085-9310

www.iodice.com.br

@iodicebrasil

Última atualização em Ter, 18 de Setembro de 2018 14:54
 

"Falando a Veras"comemora 10 anos

 88A5576
Show de humor de Marcos Veras já atingiu 2 milhões de espectadores

 

O ator e comediante Marcos Veras apresenta em Curitiba nos dias 29 e 30 de setembro no Guairinha o seu Stand-Up Comedy "Falando a Veras". A nova turnê de dois meses por várias cidades do país comemora os 10 anos do espetáculo escrito pelo próprio Veras e que já atingiu mais de 2 milhões de espectadores. As vendas já estão abertas e os ingressos podem ser adquiridos na Bilheteria do Centro Cultural Teatro Guaira e pelo site do Diskingressos. Os valores da meia-entrada variam de R$ 40,00 (primeiro balcão) a R$ 45,00 (plateia).


"Esse espetáculo me lançou no mercado e no grande público. Desde 2008 quando comecei a fazê-lo já passou por muitas mudanças. Já teve personagens, textos modificados e novas músicas", comenta Veras.

Ele afirma que, por ser um espetáculo autoral, tem total liberdade de atualizá-lo sempre. "E dessa vez não será diferente. Vou usar o gancho de 10 anos. O que mudou no Brasil e no mundo em 10 anos? O que mudou em mim? E na plateia?", acrescenta o ator.

Veras revela que até entrevista com o público vai ter nessa comemoração. "Já tive outras despedidas do show dizendo que não faria mais porque já tinha muito tempo. Mas sempre volta a vontade de fazer novamente. É uma catarse fazer a plateia rir", completa.

"Falando a Veras" é um grande show de humor e não somente Stand-Up. É música, imitação, interação com a plateia num jogo do tudo pode e pode tudo. "Foi meu cartão de visitas por muito tempo. Tenho muito orgulho do espetáculo", reforça.

Nesses 10 anos em cartaz, o ator explica que o espetáculo também se renovou. Segundo Veras, para quem ainda não viu chegou a hora de conferir o show e para quem já viu, uma boa oportunidade para voltar a rir com os novos textos.

 

Serviço:

Stand-up: Falando a Veras

Onde: Guairinha

Rua XV de Novembro, 971 - Centro

Quando: 29 e 30 de setembro

Horário: 29 (sábado) às 21h e 30 (domingo) às 19h

Ingressos (meia entrada): R$ 40,00 (balcão) e R$ 45,00 (plateia) + TX Diskingressos

Informações: 3304-7900 (Centro Cultural Teatro Guaira) e 3315-0808 (Diskingressos)

Vendas pelo link: https://www.diskingressos.com.br/evento/8902/29-09-2018/pr/curitiba/falando-a-veras

Última atualização em Ter, 18 de Setembro de 2018 12:46
 

Pato Fu: Quando a música brinca de ser criança

pato fu1

"Ingressos já estão à venda para o show ´Música de Brinquedo 2´, do grupo mineiro que chega pela primeira vez a Curitiba no próximo dia 20 de outubro. A apresentaçãotraz versões de clássicos da música pop nacional e internacional tocadas com instrumentos em miniatura e de brinquedos no palco do Guairão". (Foto: Divulgação)

 

Há sete anos o Pato Fu iniciou um dos projetos mais originais da música brasileira, o premiado "Música de Brinquedo".Sucesso de crítica e público, e queridinho dos pequenos, chega pela primeira vez a Curitiba o novo show, "Música de Brinquedo 2", lançado no ano passado. Com realização da Prime, a apresentação está marcada para o dia 20 de outubro no palco do Teatro Guaira (R: Conselheiro Laurindo, s/n) às 19horas.

Nesse novo show, baseado no recente álbum "Música de Brinquedo 2", o Pato Fu traz mais versões de clássicos da música pop nacional e internacional, interpretados com a ajuda de novos brinquedos, instrumentos em miniatura, monstros cantantes e muito mais! Saxofones de plástico, kazoos, pianinho de brinquedo e tecladinhos de R$1,99 estão à solta.

Entre as canções que ganharam versões "de brinquedo" estão "Severina Xique-Xique", clássico de Genival Lacerda, e "Kid Cavaquinho", conhecida na voz de Maria Alcina. A mistura de estilos e línguas típica desse projeto segue firme com "Datemi Un Martelo" (Rita Pavone) e "Livin La Vida Loca" (Ricky Martin), além de "Private Idaho" (The B 52's) e "Every Breath You Take" (The Police), que soam como uma declaração de amor aos anos 80, maior fonte de inspiração da banda. O rock nacional também se faz presente com "Mamãe Natureza" (Rita Lee), "I Saw You Saying", dos Raimundos e "Rock da Cachorra" de Eduardo Dusek. "Não Se Vá" (Jane e Herondy) revela os dramas pessoais de Ziglo e Groco, monstrinhos que acompanham a banda nas turnês.

O repertório adulto somado à sonoridade em miniatura resulta mais uma vez em diversão garantida para pais e filhos. Sem exclusões, todo mundo no mesmo quadrado, já que a música tem muitas camadas para todas as idades, cada turminha com sua história. Da mesma forma, cada autor das canções ganha com essas versões uma espécie de homenagem, uma apresentação em embalagem de luxo para as novas gerações.

O Pato Fu continua sendo formado pelo núcleo original Fernanda Takai, John Ulhoa e Ricardo Koctus. Glauco Mendes (bateria) e Richard Neves (teclados) completam a banda, que para esse show conta também com Thiago Braga e Camila Lordy pilotando os mais variados tipos de brinquedos e miniaturas. Nos vocais de apoio: Groco e Ziglo, monstrinhos criados pelo Grupo Giramundo de Bonecos, manipulados pelos mestres Marcos Malafaia, Beatriz Apocalypse e Ulisses Tavares.

patofu2

O cenário - baseado nos desenhos da conhecida ilustradora mineira Anna Cunha para o projeto gráfico do álbum - foi criado pela designer Andrea Costa Gomes e o arquiteto Fernando Maculan, com desenho de luz de Adriano Vale. Passados oito anos desde o primeiro Música de Brinquedo, esse projeto improvável do Pato Fu ganhou Disco de Ouro, Grammy Latino e vários outros prêmios, virou DVD e uma turnê que nunca acaba, além de ter mil outros desdobramentos.

Os ingressos estão disponíveis e variam de R$50,00 (meia-entrada) a R$226,00 (inteira), de acordo com o setor. Plateia Premium - R$226,00 (inteira) e R$116,00 (meia-entrada) / Plateia A - R$206,00 (inteira) e R$106,00 (meia-entrada)/ Plateia B - R$186,00 (inteira) e R$96,00 (meia-entrada)/ 1º Balcão A- R$156,00 (inteira) e R$81,00 (meia-entrada)/ 1º Balcão B - R$136,00 (inteira) e R$71,00 (meia-entrada)/ 2º Balcão A - R$114,00 (inteira) e R$60,00 (meia-entrada)/ 2º Balcão B - R$94,00 (inteira) e R$50,00 (meia-entrada). A meia-entrada é válida para estudantes, pessoas acima de 60 anos, professores, doadores de sangue e portadores de necessidades especiais (PNE) e de câncer.  Clube Prime possui 50% de desconto na compra de até dois ingressos por associado. Portadores do cartão fidelidade Disk Ingressos possuem 20% de desconto na compra de até dois bilhetes por titular. PROMOÇÃO 1 +1 - Na compra de 01 bilhete no valor da inteira, o cliente ganha outronomesmo setor.  Promoções não cumulativas com descontos previstos por Lei. ***Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio.****Já está incluso o valor de R$6,00 de acréscimo por bilhete referente à taxa de administração Disk Ingressos.É obrigatória a apresentação do documento previsto em lei que comprove a condição do beneficiário, na compra do ingresso e na entrada do teatro. Os ingressos podem ser adquiridos através do Disk Ingressos (Loja Palladium - de segunda a sexta, das 11h às 23h, aos sábados, das 10h às 22h, e aos domingos, das 14h às 20h, -  e quiosques instalados nos shoppings Mueller, Estação e São José de segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos, das 14h às 20h)Call-center Disk Ingressos (41) 33150808 (de segunda a sexta, das 9h às 22h, e aos domingos, das 9h às 18h), na bilheteria do teatro Positivo (de segunda a sexta, das 9h às 21h, e aos sábados, das 9hs às 18hs), na bilheteria do teatro Guaíra (de terça a sábado, das 12h às 21h)  e pelo portal www.diskingressos.com.br.

SERVIÇO:
PATO FU – "Música de Brinquedo 2" 
Quando: 20 de outubro de 2018 (Sábado)
Local: Teatro Guaira (
R: Conselheiro Laurindo, s/n
Horários:  Abertura do Teatro: 18h / Início dos shows: 19h
Duração do show: 
cerca de 90min
Ingressos: 
variam de R$50,00 (meia-entrada) a R$226,00 (inteira), de acordo com o setor 
Plateia Premium - R$226,00 (inteira) e R$116,00 (meia-entrada);
Plateia A - R$206,00 (inteira) e R$106,00 (meia-entrada);
Plateia B - R$186,00 (inteira) e R$96,00 (meia-entrada);
1º Balcão A - R$156,00 (inteira) e R$81,00 (meia-entrada);
1º Balcão B - R$136,00 (inteira) e R$71,00 (meia-entrada);
2º Balcão A - R$114,00 (inteira) e R$60,00 (meia-entrada);
2º Balcão B - R$94,00 (inteira) e R$50,00 (meia-entrada).
A meia-entrada é válida para estudantes, pessoas acima de 60 anos, professores, doadores de sangue e portadores de necessidades especiais (PNE) e de câncer.  
Clube Prime possui 50% de desconto na compra de até dois ingressos por associado. Portadores do cartão fidelidade Disk Ingressos possuem 20% de desconto na compra de até dois bilhetes por titular. 
PROMOÇÃO 1 +1 - Na compra de 01 bilhete, o cliente ganha outronomesmo setor.
Promoções não cumulativas com descontos previstos por Lei. 
***Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio.
****Já está incluso o valor de R$6,00 de acréscimo por bilhete referente à taxa de administração Disk Ingressos.  
 É obrigatória a apresentação do documento previsto em lei que comprove a condição do beneficiário, na compra do ingresso e na entrada do teatro. 
Forma de Pagamento: Dinheiros e cartões de crédito/débito Visa e Mastercard.
Pontos de Venda: Disk Ingressos
 (Loja Palladium - de segunda a sexta, das 11h às 23h, aos sábados, das 10h às 22h, e aos domingos, das 14h às 20h, -  e quiosques instalados nos shoppings Mueller, Estação e São José de segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos, das 14h às 20h)Call-center Disk Ingressos (41) 33150808 (de segunda a sexta, das 9h às 22h, e aos domingos, das 9h às 18h), na bilheteria do teatro Positivo (de segunda a sexta, das 9h às 21h, e aos sábados, das 9h às 18h), na bilheteria do teatro Guaíra (de terça a sábado, das 12h às 21h)  epelo portal www.diskingressos.com.br.
**Entrega em domicílio com taxa de entrega.
Classificação etária: Livre
Informações p/ o público: (41) 33150808 / 33173283/ www.maisumadaprime.com.br
Realização: Prime

Última atualização em Qua, 12 de Setembro de 2018 21:56
 

A onda que não passa

cacho

 

Durante algum tempo, os cabelos cacheados foram tratados como uma onda, que vem e logo passa, mas isso mudou. A especialista em cachos Kelly Lopes movimentou o palco da Beauty Fair com uma masterclass super animada e garantiu: “cabelo cacheado não é moda. Nós profissionais temos muito trabalho e um mercado com mais de 105 milhões de pessoas para explorar”.

A cabeleireira, com mais de 20 anos de experiência, alertou sobre a necessidade da especialização, já que muitos profissionais tratam os cachos como todos iguais, sendo que não são. Existem muitos tipos de ondulações, por isso, estudar todas essas variações são fundamentais para oferecer um bom atendimento.

A especialista ressaltou ainda a importância de atender minuciosamente ao pedido do cliente quanto ao que ele deseja fazer em suas madeixas. “Os profissionais precisam perder a mania de fazer o que ele próprio deseja nos fios dos seus clientes. Opinar faz parte do nosso trabalho, mas não somos nós que decidimos qual será o resultado”, explica.

Os cachos vieram para ficar! Para saber mais, acesse www.beautyfair.com.br

Sobre a Beauty Fair:Maior feira de beleza profissional das Américas, a Beauty Fair chega em sua 14ª edição em 2018. O evento acontece entre os dias 8 e 11 de setembro, no Expo Center Norte. Voltada exclusivamente para cabeleireiros, manicures, maquiadores, esteticistas, depiladores, massoterapeutas, micropigmentadores, podólogos e varejistas do setor de beleza, a Beauty Fair conta anualmente com mais de 500 expositores, 2.000 marcas e, em média, 160 mil visitantes, que geram cerca de R$ 600 milhões em volume de negócios. A feira ainda promove congressos, workshops e eventos educacionais para profissionais da área e aposta em mini eventos ao longo do ano com foco no desenvolvimento do setor.

Última atualização em Qua, 12 de Setembro de 2018 21:09
 

Personagens clássicos da TV Cultura se apresentam no Geek City

Painel Castelo 5

Os artistas contaram sobre os bastidores de gravação e outras curiosidades dos programas da emissora (Foto: Caroline Hecke / Seven Entretenimento)


Na tarde deste domingo (02), o Geek City, maior evento de cultura pop e tecnologia do Sul do País, produzido pela Seven Entretenimento, promoveu um painel com quatro grandes nomes da TV Cultura, mais especificamente do Castelo Rá-Tim-Bum: Fernando Gomes (Júlio na Gaita e Gato, do Castelo Rá-Tim-Bum), Flávio de Souza (Tíbio, do quadro Tíbio e Perônio), Rosi Campos (Bruxa Morgana) e Eduardo Silva (o Bongô, entregador de pizza).


Durante a conversa, Flávio contou que foi um dos idealizadores de diversos programas da emissora, como Catavento, Mundo da Lua e até mesmo do personagem Dr. Victor, do Castelo. Quando surgiu a oportunidade de fazer Tíbio e Perônio, ele e o parceiro aceitaram de imediato os personagens, no entanto, o ator revelou que a montagem e a caracterização eram mais difíceis, já que as barbas eram feitas com fios de cabelo humano, que demoravam cerca de uma hora para serem colados. Os figurinos eram extremamente trabalhados, mas muito quentes, o que piorava devido à quase inexistência de ar condicionado.


Vários quadros do programa eram gravados sem que todos os atores se encontrassem, isso porque haviam diversos estúdios diferentes. Era o caso da Rosi, que comentou que gravava até três programas por dia e poucos deles foram feitos com todos os atores, como o episódio de aniversário do Dr. Victor, da praia e do zoológico. Ela ainda contou que gostava de realizar a personagem porque sempre gostou mais das bruxas. “Eu não era uma bruxa má, fazia mais um papel de contadora de histórias, professora, tia bacana. Eu gostava muito de ser a bruxa, até por isso, não posso fazer plástica no nariz, precisa ser grande. As mocinhas são muito perfeitinhas”.


Eduardo Silva comentou que sua entrada no Castelo quase não aconteceu. Segundo ele, muitos atores fizeram o teste para ser o personagem, e a TV Educativa se preocupou com o fato de um negro fazer o papel de empregado. Por esse motivo, ele se tornou o filho do dono da pizzaria, e não recebeu qualquer tipo de crítica do público. Inclusive, durante o evento, uma participante agradeceu pela representatividade que o ator proporcionou na TV brasileira.  

 


Painel Castelo
Fernando Gomes (Júlio na Gaita e Gato, do Castelo Rá-Tim-Bum), Flávio de Souza (Tíbio, do quadro Tíbio e Perônio), Rosi Campos (Bruxa Morgana) e Eduardo Silva (o Bongô, entregador de pizza) (Foto: Caroline Hecke / Seven Entretenimento)


 


Participações especiais e reverência aos personagens


O programa foi de extrema importância na infância de muitas pessoas e isso ficou claro devido ao amor e admiração demonstrados durante o Geek City. Marcelo Tas, que interpretava o Professor Tibúrcio e Henrique Stroeter, o Perônio, fizeram uma participação especial por meio de vídeos, e contaram algumas curiosidades que foram proporcionadas graças ao Castelo. Uma delas foi uma história de agradecimento aos dois cientistas do programa, que devido ao que ensinavam no quadro, inspiraram a filha de um telespectador a ser bióloga.


Fernando declarou que realizar um programa como o Castelo Rá-Tim-Bum foi algo extremamente importante em sua vida, e que até hoje ele se sente realizado por ter feito parte de algo tão marcante. Flávio e Eduardo dizem que, quando contam que fizeram parte do programa, muitas portas se abrem para eles. Rosi afirma que a Morgana foi o papel de sua vida, mesmo que as pessoas lembrem de outros personagens que ela protagonizou. “Tudo o que é bom acaba sendo eterno. Por isso temos que correr atrás dos nossos sonhos e das nossas lutas, em algum momento valerá a pena”. E finalizou com um apelo. “Façam certo, o país está na mão de vocês”.  

Última atualização em Dom, 02 de Setembro de 2018 22:34
 

Guilherme Briggs emociona o público durante o Geek City

WhatsApp Image 2018 09 01 at 20.34.44

Responsável por vozes como a do BuzzLightyear, Freakzoid e Mickey, dublador contou
um pouco sobre suas motivações profissionais e de vida  (Foto: Caroline Hecke/ Seven Entretenimento)

 

 

O painel “A dublagem brasileira no mundo”, com Guilherme Briggs, foi um dos mais esperados da noite deste sábado (1°), no Geek City. No palco principal, o dublador deu voz a personagens famosos como Mickey, Buzz Lightyear e Yoda, compartilhou curiosidades sobre o cenário internacional e emocionou o público com sua história de vida.

 

“Vocês sabiam que o Corcunda de Notre Dame, dirigido pelo Garcia Jr., foi considerada a melhor versão dublada do mundo? E que a Nova Onda do Imperador teve um impacto muito grande pra dublagem brasileira? Lá fora eles adoraram”, disse Briggs. Ele contou ainda que foi convidado para fazer a voz do Yoda também em espanhol e que ficou espantado quando viu Toy Story pela primeira vez.

 

“Dublo o Buzz Lightyear desde o primeiro filme e lembro de ver a primeira cena e pensar o que é isso que a Disney fez? É computação gráfica?”, disse. Entre curiosidades, aplausos e perguntas da plateia, Briggs emocionou o público ao falar sobre suas motivações pessoais. “Sempre fui apaixonado pelo meu avô. Com 12 anos, ele me chamou pra morar com ele. Meu padrasto era muito rigoroso e disse que, se eu saísse, não voltava mais. Depois de dois anos, meu avô faleceu de um problema no coração, pedi para voltar para casa e meu padrasto não deixou”, contou.

 

Morando de favor na casa de um amigo, Briggs decidiu que era hora de se dedicar ainda mais à leitura e ao desenho – o que foi essencial para que o Guilherme artista surgisse. “Nesse momento, com o avô falecido, não podendo voltar pra casa, foi que minha vida mudou. Para não chorar, comecei a ler tanto e desenhar tanto. Tive um trauma muito severo e podia ter escolhido as drogas. Mas o que importa não é o que a vida faz com você. É o que você faz com o que a vida faz com você. Levanta e não desiste, porque sempre tem uma esperança, pode acreditar”, concluiu.

 

Sobre o Geek City

O Geek City é o maior evento de tecnologia e entretenimento do Sul do país, marcado para acontecer em 31 de agosto, 1 e 2 de setembro. Ao longo de três dias, os fanáticos por cinema, séries, games e quadrinhos terão acesso em primeira mão a tudo o que acontece de melhor nesse mercado, conferindo painéis sobre os mais variados temas, torcendo e até participando dos torneios de jogos competitivos, encontrando criadores de conteúdo e vendo personalidades bem de perto. 

Última atualização em Dom, 02 de Setembro de 2018 00:13
 


Página 10 de 71
Copyright © 2011 Acontece Curitiba. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por LinkWell.