Trailer oficial de 'O Doutrinador'

Longa brasileiro inspirado na HQ, “O Doutrinador” acaba de ganhar trailer oficial disponível.
 
                                    
 
 
 
O público poderá conferir cenas do personagem-título em ação, combatendo seus principais inimigos: políticos e empresários corruptos. Kiko Pissolato vive o protagonista Miguel, um agente federal que conhece de perto as engrenagens do sistema e, ao sofrer uma tragédia pessoal, se torna um vigilante e decide combater a corrupção de forma atormentada e implacável: eliminando os corruptos. O filme estreia no dia 20 de setembro.
 
Personagem criado pelo quadrinista Luciano Cunha, O Doutrinador ganhou repercussão nas redes sociais com a premissa de ser um agente das forças especiais determinado a dar um fim na corrupção caçando corruptos de todas as matizes ideológicas. Depois de ganhar o mundo, com resenhas em vários países como EUA, Inglaterra e Argentina e com três edições impressas esgotadas no Brasil, o quadrinho, além de filme, vai virar também série. Sob a direção de Gustavo Bonafé (“Legalize Já” e “Chocante”) e codireção de Fabio Mendonça (“A Noite da Virada”), chega aos cinemas com nomes no elenco como Eduardo Moscovis, Marília Gabriela, Helena Ranaldi , Tainá Medina,  Carlos Betão , Samuel de Assis e Tuca Andrada. Já a série, que será exibida no canal Space, tem direção geral de Bonafé, enquanto Mendonça dirige alguns episódios.  O filme e a série foram criados pelo próprio Luciano Cunha e Gabriel Wainer, que também assinam o roteiro ao lado de Mirna Nogueira, LG Bayão, Guilherme Siman, Rodrigo Lage e Denis Nielsen. A produção é da Paris Entretenimento e a distribuição da Downtown/Paris Filmes.
 
Sinopse
 
“O Doutrinador” é um anti-herói no melhor estilo dos vigilantes dos quadrinhos. O Doutrinador é Miguel, um agente federal altamente treinado que vive num Brasil cujo governo foi sequestrado por uma quadrilha de políticos e empresários. Uma tragédia pessoal o leva a eleger a corrupção endêmica brasileira como sua maior inimiga. E ele começa a se vingar da elite política brasileira em pleno período de eleições presidenciais, numa cruzada sem volta contra a corrupção.
 
Ficha Técnica
 
Direção: Gustavo Bonafé 
Roteiro: Mirna Nogueira, LG Bayão, Rodrigo Lages, Denis Nielsen, Guilherme Siman, Gabriel Wainer e Luciano Cunha
Produção: Marcio Fraccaroli, Sandi Adamiu, Bruno Wainer
Produção Executiva: Renata Rezende
Direção de Fotografia: Rodrigo Carvalho
Produtora de elenco: Renata Kalman
Diretor de Arte: Marghe Pennacchi
Figurinista: Flavia Lhacer
Montador: Federico Brioni e Sabrina Wilkins
 
Elenco
 
Kiko Pissolato (Miguel)
Samuel de Assis (Edu)
Tainá Medina (Nina)
Marília Gabriela (Ministra Marta Regina)
Eduardo Moscovis (Sandro Correa)
Helena Ranaldi (Julia Machado)
Natália Lage (Isabela)
Natallia Rodrigues (Penélope)
Tuca Andrada (Delegado Siqueira)
Gustavo Vaz (Anterinho)
Carlos Betão (Antero Gomes)
Nicolas Trevijano (Diogo)
Eduardo Chagas (Oliveira)
 
Sobre a Paris Entretenimento
 
Após dois anos como coprodutora de grandes sucessos de bilheteria, como a trilogia “Até que a Sorte nos Separe”, a Paris Entretenimento consolidou-se como produtora em 2015, com o lançamento do longa “Carrossel - O Filme”, que fez 2.7 milhões de espectadores e tornou-se o quarto filme nacional mais visto do ano. 
Entre 2016 e 2017, a Paris Entretenimento foi a produtora que mais lançou filmes no país, com um total de sete longas- metragens exibidos em circuito comercial. Os gêneros variados dessas produções consolidam nossa proposta de abrangência de mercado, explorando diferentes nichos de acordo com as tendências comerciais da época. Desses sete filmes lançados nos últimos meses, dois são adaptações de séries infantis de televisão (“Carrossel 2 - O Sumiço de Maria Joaquina” e “Detetives do Prédio Azul - O Filme”), outros dois são infanto-juvenis voltados ao público masculino (“Internet - O Filme”) e feminino (“Meus 15 Anos”), uma comédia romântica destinada ao público adulto (“Um Namorado Para Minha Mulher”), e dois documentários (“Teresinha” e “Aqualoucos”), este último lançado na 41a Mostra Internacional de Cinema. 
Nossa busca por atender à demanda do público brasileiro continua em 2018, por isso selecionamos nossos projetos futuros com base nas tendências de mercado para os próximos meses. Em novembro de 2017 iniciamos a produção de “O Doutrinador”, aventura do gênero super-herói que será lançada nos cinemas em Setembro de 2018 e, em seguida, em formato seriado pelo canal Space.
 
Sobre a Downtown Filmes 
 
Fundada em 2006, a Downtown Filmes é a única distribuidora dedicada exclusivamente ao cinema brasileiro. Desde 2011, ocupa a posição da distribuidora número 1 no ranking de filmes nacionais. De 2013 até hoje, vendeu mais de 50% de todos os ingressos de filmes brasileiros lançados. Até dezembro de 2017, a Downtown Filmes lançou 120 longas nacionais, que acumularam mais de 100 milhões de ingressos.
Entre os maiores sucessos da distribuidora estão “Minha Mãe É Uma Peça” e “Minha Mãe É Uma Peça 2”, estrelados por Paulo Gustavo; “De Pernas Pro Ar”, “De Pernas Pro Ar 2”, e “Loucas Pra Casar”, com Ingrid Guimarães; “Até que a sorte nos separe”, ”O Candidato Honesto” com Leandro Hassum; “Os Parças” com Whindersson Nunes, Tom Cavalcante e Tirulipa, “Fala Sério, Mãe!” com Ingrid Guimarães e Larissa Manoela, “Chico Xavier” e “Elis”.
Para 2018, o lineup da Downtown conta com 20 títulos, entre eles “Os farofeiros”, lançado em março, “O Doutrinador”, adaptação da série de quadrinhos de mesmo nome, “O Candidato Honesto 2”, “Tudo Por um Pop Star” e “O Palestrante Motivacional” estrelado por Fabio Porchat.
 
Sobre a Paris Filmes
                      
A Paris Filmes é uma empresa brasileira que atua no mercado de distribuição e produção de filmes, primando pela alta qualidade cinematográfica. Além de ter distribuído grandes sucessos mundiais, como o premiado “O Lado Bom da Vida”, que rendeu o Globo de Ouro® e o Oscar® de Melhor Atriz a Jennifer Lawrence em 2013 e “Meia-Noite em Paris”, que fez no Brasil a maior bilheteria de um filme de Woody Allen, a distribuidora tem também em sua carteira os maiores sucessos do cinema nacional, como as franquias “De Pernas Pro Ar” e “Até Que a Sorte nos Separe”. Em 2017, a empresa esteve à frente de lançamentos como “La La Land – Cantando Estações”, “A Cabana”, “D.P.A: Detetives do Prédio Azul - O Filme”, “Extraordinário”, entre outros. Para 2018, a distribuidora possui um lineup diverso, que inclui títulos como “Nada a Perder”, “Baseado em Fatos Reais”, de Roman Polanski, “O Homem das Cavernas”, de Nick Park, “Turma da Mônica – Laços”, “Robin Hood – A Origem”, “De Pernas Pro Ar 3”, entre outros.
 
Sobre o Space:
 
O Space, um canal da Turner do Brasil, conta com o melhor conteúdo para um público ávido por emoções, oferecendo uma mistura intensa do cinema de Hollywood dos gêneros ação, ficção científica, policial, terror e suspense; blocos de programação como Sessão Adrenalina, Oriente Extremo e Clube do Medo. Destinado a um público de 18-50 anos, o Space está disponível em mais de 62 milhões de domicílios na América Latina e em mais de 11 milhões no Brasil, chegando através de cinco feeds SD (Sul, Panregional, México, América Central e Brasil) e dois feeds HD (Panregional e Brasil). No Brasil, o SPACE está disponível em todas as operadoras de TV por assinatura do Brasil incluindo as maiores e mais conhecidas Net, Claro, Sky, Vivo, Oi e Algar. 
 
NET (canal 154 ou 654), Sky (canal 58 ou 258), Claro HDTV (canal 154 ou 654), Oi TV HD (canal 69 ou 569) e Vivo TV (canal 78 ,366, 378 ou 891).
 

Resenha: "Behind The Door"

adriana1
Autora da trilogia "Motivos Ocultos", Adriana Gavazzoni. (Foto: Divulgação)

 

 

 

Quando ganhei o livro pensei: “Leitura densa, lá vamos nós!”, mas paguei a língua, ou melhor, o julgamento, pois como em um tribunal a autora, a advogada Adriana Gavazzoni, provou a sua competência ao construir amarras capazes de levar o leitor às alturas.

 

 

“Atrás da Porta” conta a história de Lara, uma linda arquiteta que morre nas mãos de seu namorado, Mark, um advogado Nova Iorquino. Para ajudar a elaborar a defesa e sustentar sua tese de que a morte de Lara foi acidental, Carl, o advogado de Mark, contrata Simone, uma psiquiatra, professora e autora de livros sobre comportamento sexual.

 

Simone recebe de Carl um relato detalhado – escrito por Mark, sobre o relacionamento passional dele com Lara – e passa a estudá-lo ao mesmo tempo em que atende seus pacientes psiquiátricos com perturbações de ordem sexual e fantasias não usuais.

 

Este livro é desafiador. Primeiro pelo ambiente de suspense; depois pelo mistério que se instaura; e para não deixar nada morno o erotismo é revelado através de um sexo incomum (ou comum) que não só te absorve para desvendar a história como também lhe dá uma pitada de calor em forma de palavras.

 

 

Para ser bem sincera, se eu fosse você leria o livro com o (a) date; com o marido; com o (a) namorado (a); com o (a) “peguete” ou como você o (a) referencia. É uma ótima atividade a dois! Leitura dinâmica eu diria.

 

 

Explorar desejos e instintos é o ponto alto desta obra da trilogia “Motivos Ocultos”. As subtramas que permeiam a história permitem conhecer cada personagem com muitos detalhes da rotina, desafios e principalmente dos desejos. Isto torna o enredo curioso, atento e convicto em manter o leitor cada vez mais próximo da história.

 

O desafio era não estragar o final, pois o seu “meio” está muito bem estruturado, o medo era se deparar com um fim mais ou menos. O que não aconteceu, pelo contrário, ao terminar a vontade era de seguir acompanhando a rotina e desdobramentos de cada personagem.

 

 

A necessidade em saber mais sobre estas figuras marcantes estão em “Lara's Journal: A Sizzling, Psychological Suspense (Hidden Motives Book 2)”e “The Brilliant Game (Hidden Motives Book 3)” ambos em inglês por enquanto.

 

Ainda, a ambientação escolhida por Gavazzoni foi sem dúvida alguma perfeita. Paris e EUA caíram como uma luva para referenciar cada detalhe da história.

 

 

Se você busca um suspense envolvente entre o amor e o desejo “Atrás da Porta” vai abrir um mundo excêntrico e fantástico para explorar.

 

 

Sobre a autora:

Adriana Gavazzoni fala quatro idiomas, é de Foz do Iguaçu e formada pela PUC-PR. Morou por muitos anos em Curitiba onde atuou como advogada e foi professora de Direito na Universidade Positivo, época em que publicou o livro jurídico, “A Renegociação e a Adaptação do Contrato Internacional”. Atualmente, ela se divide entre Brasília, Foz e Curitiba, trabalhando como advogada e, paralelamente, se dedicando a carreira de escritora.

 

 

51L5k857 xL

Livro: “Atrás da Porta”

Título original:“Behind The Door”

Ano: 2017

Onde comprar: amazon.com

 

Última atualização em Seg, 09 de Julho de 2018 12:01
 

GEEK CITY tem novas atrações confirmadas

Porta dos Fundos e Choque de Cultura são presença confirmadas

 

Porta dos Fundos grupo

Porta dos Fundos é presença confirmada no Geek City (Foto: Divulgação)

 

Falta pouco mais de 2 meses para a o maior evento de cultura pop e tecnológia do sul do Brasil, O Geek City. A próxima edição acontece nos dias 31 de agosto, 01 e 02 de setembro de 2018 na Expo Renault Barigui. O evento contará com Exposições, Palco com atrações, Arena Games, Galeria de Artistas, Concurso de Cosplay, Estúdio Geek, Startups, Desenvolvedores e muito mais.

choque de cultura
Choque de Cultura é atração confirmada no Geek City

Kiko2
Villagrán fará despedida de seu personagem "Kiko" em Curitiba (Foto: Divulgação)

Uma das atrações já confirmadas é Carlos Villagrán, O Kiko do Chavez, que anunciou sua aposentadoria neste mês. O Geek City será uma das últimas oportunidades de ver o ator em seu personagem consagrado na TV mundial.

Quem também estará presente é o Porta dos Fundos, através do ator e roteirista Gabriel Totoro e produtor Ian SBF. O painel do 6º maior canal do Youtube brasileiro irá abordar "o momento dos geradores de conteúdo na internet".

Outra atração confirmada é o maior fenômeno atual da internet, os meninos do Choque de Cultura. Nascido de uma vertente do portal sobre filmes, Omelete, o grupo que já conta com mais de 30 vídeos é composto por Caito Mainier (Rogerinho do Ingá), Raul Chaquer (Maurílio), Leandro Ramos (Julinho da Van) e Daniel Furlan (Renan) que interpretam motoristas de van que comentam filmes e séries.

Você artista!

Além de trazer nomes nacionais e internacionais para região sul, o Geek também oferece a oportunidade através da Galeria de Artistas by UCI, para quadrinistas e ilustradores ganharem visibilidade e assim terem um contato mais próximo com o público/fãs, vendendo prints, produtos etc. Para se inscrever e participar da galeria é só entrar no site http://geekcity.com.br/.

SERVIÇO - GEEK CITY

Data: De 31 de agosto a 2 de setembro de 2018
Local: Expo Renault Barigui
Cidade: Curitiba / PR

Ingressos à venda pelo Disk Ingressos. https://www.diskingressos.com.br/group/geek_city__2018_3

Site Oficial: geekcity.com.br

Redes social: Facebook /geekcityoficial  |  Instagram @geekcityoficial  |  Twitter @geekcityoficial

Realização: Seven Entretenimento

Última atualização em Ter, 03 de Julho de 2018 00:30
 

Circo “pague o quanto quiser”

1530290622

Espetáculo oferece ao público a opção de escolher o seu próprio valor de custo

 

Já pensou ir ao teatro com toda a família e pagar pelos ingressos o quanto você quiser ou puder? Essa é a proposta do Teatro EBANX Regina Vogue, no Shopping Estação, que neste domingo (1º) apresenta o espetáculo Circo S/A.

O palhaço Alípio e sua assistente Sombrinha farão o público de todas as idades dar muita gargalhada, em uma apresentação interativa, com números de picadeiros e muitas trapalhadas. No final, o público escolhe quanto quer pagar, diretamente aos artistas.  

O espetáculo acontece às 16h, mas antes disso, a partir das 14h, os personagens promoverão atividades recreativas gratuitas com a criançada no saguão do teatro.

Serviço

Circo S/A e atividades recreativas

Data: 1º de julho, domingo.

Horário: 14h (atividades recreativas) e 16h (espetáculo Circo S/A).

Classificação: Livre.

Ingressos: Pague o quanto quiser.

Local: Teatro EBANX Regina Vogue, piso L2 do Shopping Estação.

Shopping Estação

Av. Sete de Setembro, 2.775, Rebouças - Curitiba (PR)

(41) 3094-5300

 

 

Última atualização em Sex, 29 de Junho de 2018 18:03
 

Jurassic World: Reino Ameaçado

ib20tuH

Jurassic World: Reino Ameaçado (Foto: Divulgação)

 

 

Com estreia nacional para essa semana, o aguardado “Jurassic World: Reino Ameaçado” chega aos cinemas com uma qualidade muito superior ao seu antecessor. Voltando a entregar à plateia, uma emoção parecida com a encontrada na versão da década de 1990.

 

Três anos depois dos acontecimentos onde novas espécies foram criadas por cientistas na Ilha Nublar, o mundo volta os olhos para a mesma ilha por conta de um vulcão que entra em erupção.

 

Essa erupção provoca uma grande dúvida na população mundial, resgatar os dinossauros da ilha para que não desapareçam novamente da face da Terra, ou o contrário, que sofram as consequências da natureza, que parece, novamente disposta a extinguir esses seres, antes que eles, novamente dominem o planeta, e os humanos desapareçam!

 

População mundial, governos de vários países e empresários milionários, estão todos interessados nessa questão.

 

Jurassik4 768x500

“Jurassic World: Reino Ameaçado” chega aos cinemas com uma qualidade muito
superior ao seu antecessor (Foto: Divulgação)

 

 

Jurassic World Reino Ameaçado Chris Pratt

“Jurassic World: Reino Ameaçado” uma das grandes obras de Steven Spielberg (Foto: Divulgação)

 

Esse é o momento em que os personagens Claire e Owen entram em ação novamente.

 

Afastados por conta de motivos pessoais, eles precisarão trabalhar juntos para, talvez, salvar os animais queridos pelos dois.

 

A história do filme acontece principalmente em dois locais, na ilha e na cidade, onde um milionário tem interesse especial nos dinossauros, (não vou revelar quem). Esse personagem tem motivos maiores para querer que as espécies continuem vivas.

 

O roteiro do longa peca um pouco ao entregar “mais do mesmo”, pois apesar de algumas novidades, a base da história se manteve, ou melhor, se repetiu.

 

O diretor Juan Antonio Bayona conhecido por dirigir obras de terror como “O Orfanato” e a série “Penny Dreadfull” consegue imprimir sua marca com ótimas cenas de suspense e adrenalina.

 

O elenco parece estar mais entrosado nesse filme, o casal principal consegue vender a ideia de “casal” que está separado, mas gostaria de estar junto.

 

Os efeitos especiais continuam um capítulo à parte. A cada dia que passam estão melhores, proporcionando uma experiência única ao espectador, principalmente para o que vai assistir ao longa em 3D.

 

Cheio de referências aos filmes anteriores, o longa é nostálgico, no bom sentido.

 

Com uma bela surpresa no final e um gancho enorme para a sequência, “Jurassic World: Reino Ameaçado” é uma excelente opção de entretenimento para a sua semana!

 

Título Original: Jurassic World: Fallen Kingdom
Gênero: Ação/Ficção Científica
Tempo de Duração: 2 horas e 08 minutos 
Ano de Lançamento: 2018

Direção: Juan Antonio Bayona

Elenco: Chris Pratt, Bryce Dallas Howard, Rafe Spall, Justice Smith, Daniella Pineda, James Cromwell, Toby Jones, Isabella Sermon, Jeff Goldblum.

RITA VAZ

TUDO SOBRE FILME – www.tudosobrefilme.com.br

Última atualização em Qui, 21 de Junho de 2018 14:51
 

7º Olhar de Cinema anuncia vencedores

Longa-metragem "Homens que Jogam" recebeu o Prêmio Olhar de Melhor Filme

 

Homens que jogam

'Homens que Jogam' ganha de melhor filme. (Foto: Divulgação)

 

Aconteceu hoje (13), a cerimônia de premiação do 7º Olhar de Cinema - Festival Internacional de Curitiba. O júri da Mostra Competitiva, composto pelo cineasta André Novais Oliveira, a programadora Claire Allouche e o crítico de cinema Roger Koza, elegeu a co-produção eslovena-croata "Homens que Jogam" como o melhor filme desta edição. O longa-metragem brasileiro "Sol Alegria", de Tavinho Teixeira e Mariah Teixeira, também se destacou entre os selecionados, recebendo um prêmio especial do júri, que ainda concedeu ao filme "Boa Sorte", de Ben Russell, o prêmio de Contribuição Artística.

Dentre os curtas da Mostra Competitiva, o vencedor do Prêmio Olhar foi "A Estranha História do Prince Dethmer", dirigido por Corto Vaclav e Hadrien La Vapeur. "Eles Vêm Aí!", de Ezequiel Reyes, recebeu uma menção especial. Para o público, o melhor filme da Mostra Competitiva foi "Fabiana", da diretora goiana Brunna Laboissière.

Os filmes brasileiros que receberam o Prêmio Olhares Brasil foram o longa "O Chalé É uma Ilha Batida de Vento e Chuva", de Letícia Simões, e o curta "Maré", de Amaranta Cesar. O Prêmio Olhares Brasil 

A cerimônia de premiação aconteceu antes da exibição do longa-metragem "Meu Nome É Daniel", dirigido por Daniel Gonçalves. Confira a lista completa:

Competitiva

Prêmio Olhar de Melhor Filme
HOMENS QUE JOGAM
/ Playing Men
Matjaž Ivanišin

Prêmio Especial do Júri
SOL ALEGRIA
/ Sol Alegria
Tavinho Teixeira, Mariah Teixeira

Prêmio de Contribuição Artística
BOA SORTE
/ Good Luck
Ben Russell

Prêmio Olhar de Melhor Filme Curta-Metragem
A ESTRANHA HISTÓRIA DO PRÍNCE DETHMER
/ L'étrange histoire de Prince Dethmer
Corto Vaclav, Hadrien La Vapeur
*Menção Especial: ELES VÊM AÍ! (¡Allá Vienen!), Ezequiel Reyes

Prêmio do Público
FABIANA
/ Fabiana
Brunna Laboissière

Outros Prêmios

Prêmio de Melhor Filme da mostra Novos Olhares
POR DETRÁS DAS CORTINAS
/ Derrière les Volets
Messaline Raverdy

Prêmio de Melhor Filme da mostra Outros Olhares
NOSSA CASA
/ Watashitachi no ie
Yui Kiyohara

Prêmio Olhares Brasil |Longa (Melhor longa-metragem brasileiro)
O CHALÉ É UMA ILHA BATIDA DE VENTO E CHUVA
/ O Chalé é Uma Ilha Batida de Vento e Chuva
Letícia Simões

Prêmio Olhares Brasil | Curta (Melhor curta-metragem brasileiro)

MARÉ
/ Maré
Amaranta Cesar
*Menção Especial: Estamos todos aqui, Chico Santos e Rafael Mellim

Prêmios Parceiros

Prêmio da Crítica / Abraccine
ANSIOSA TRADUÇÃO
/ Nervous Translation
Shireen Seno

Prêmio AVEC-PR (Melhor curta-metragem da mostra Mirada Paranaense)
ACIMA DA LEI
/ Acima da Lei
Diego Florentino
*Menção Especial: Lui, Denise Kelm

Olhar de Cinema

O Olhar de Cinema - Festival Internacional de Curitiba acontece de 6 a 14 de junho. O evento, em sua sétima edição, tem como objetivo destacar e celebrar o cinema independente, por meio da seleção de filmes com propostas estéticas inventivas, envolventes e com comprometimento temático. 

Ao mesmo tempo em que resgata clássicos do passado, oferecendo a oportunidade do público de descobrir e redescobrir olhares já reverenciados, o festival apresenta ao público novos diretores que, mesmo com uma curta filmografia, possuem forte identidade artística. Dessa maneira, o evento tem a intenção não só de proporcionar ao público experiências cinematográficas singulares, mas também fomentar a reflexão acerca da linguagem e história do cinema.

Paralelamente às exibições, o festival promove o Curitiba_Lab, iniciativa que busca estimular e aprimorar o desenvolvimento de projetos e que, este ano, selecionou nove projetos dentre 70 inscritos. Além disso, serão três oficinas voltadas para animação, som e roteiro, e diversos seminários, que trarão ao debate questões como a distribuição do cinema de autor, crítica e curadoria, representação e representatividade.

O 7º Olhar de Cinema é uma realização da Grafo Audiovisual em parceria como o Ministério da Cultura e conta com o patrocínio BRDE, FSA, Ancine e apoio SESI-PR.

7º Olhar de Cinema anuncia vencedores
Longa-metragem "Homens que Jogam" recebeu o Prêmio Olhar de Melhor Filme


Aconteceu hoje (13), a cerimônia de premiação do 7º Olhar de Cinema - Festival Internacional de Curitiba. O júri da Mostra Competitiva, composto pelo cineasta André Novais Oliveira, a programadora Claire Allouche e o crítico de cinema Roger Koza, elegeu a co-produção eslovena-croata "Homens que Jogam" como o melhor filme desta edição. O longa-metragem brasileiro "Sol Alegria", de Tavinho Teixeira e Mariah Teixeira, também se destacou entre os selecionados, recebendo um prêmio especial do júri, que ainda concedeu ao filme "Boa Sorte", de Ben Russell, o prêmio de Contribuição Artística.

Dentre os curtas da Mostra Competitiva, o vencedor do Prêmio Olhar foi "A Estranha História do Prince Dethmer", dirigido por Corto Vaclav e Hadrien La Vapeur. "Eles Vêm Aí!", de Ezequiel Reyes, recebeu uma menção especial. Para o público, o melhor filme da Mostra Competitiva foi "Fabiana", da diretora goiana Brunna Laboissière.

Os filmes brasileiros que receberam o Prêmio Olhares Brasil foram o longa "O Chalé É uma Ilha Batida de Vento e Chuva", de Letícia Simões, e o curta "Maré", de Amaranta Cesar. O Prêmio Olhares Brasil 

A cerimônia de premiação aconteceu antes da exibição do longa-metragem "Meu Nome É Daniel", dirigido por Daniel Gonçalves. Confira a lista completa:

Competitiva

Prêmio Olhar de Melhor Filme
HOMENS QUE JOGAM
/ Playing Men
Matjaž Ivanišin

Prêmio Especial do Júri
SOL ALEGRIA
/ Sol Alegria
Tavinho Teixeira, Mariah Teixeira

Prêmio de Contribuição Artística
BOA SORTE
/ Good Luck
Ben Russell

Prêmio Olhar de Melhor Filme Curta-Metragem
A ESTRANHA HISTÓRIA DO PRÍNCE DETHMER
/ L'étrange histoire de Prince Dethmer
Corto Vaclav, Hadrien La Vapeur
*Menção Especial: ELES VÊM AÍ! (¡Allá Vienen!), Ezequiel Reyes

Prêmio do Público
FABIANA
/ Fabiana
Brunna Laboissière

Outros Prêmios

Prêmio de Melhor Filme da mostra Novos Olhares
POR DETRÁS DAS CORTINAS
/ Derrière les Volets
Messaline Raverdy

Prêmio de Melhor Filme da mostra Outros Olhares
NOSSA CASA
/ Watashitachi no ie
Yui Kiyohara

Prêmio Olhares Brasil |Longa (Melhor longa-metragem brasileiro)
O CHALÉ É UMA ILHA BATIDA DE VENTO E CHUVA
/ O Chalé é Uma Ilha Batida de Vento e Chuva
Letícia Simões

Prêmio Olhares Brasil | Curta (Melhor curta-metragem brasileiro)

MARÉ
/ Maré
Amaranta Cesar
*Menção Especial: Estamos todos aqui, Chico Santos e Rafael Mellim

Prêmios Parceiros

Prêmio da Crítica / Abraccine
ANSIOSA TRADUÇÃO
/ Nervous Translation
Shireen Seno

Prêmio AVEC-PR (Melhor curta-metragem da mostra Mirada Paranaense)
ACIMA DA LEI
/ Acima da Lei
Diego Florentino
*Menção Especial: Lui, Denise Kelm

Olhar de Cinema

O Olhar de Cinema - Festival Internacional de Curitiba acontece de 6 a 14 de junho. O evento, em sua sétima edição, tem como objetivo destacar e celebrar o cinema independente, por meio da seleção de filmes com propostas estéticas inventivas, envolventes e com comprometimento temático. 

Ao mesmo tempo em que resgata clássicos do passado, oferecendo a oportunidade do público de descobrir e redescobrir olhares já reverenciados, o festival apresenta ao público novos diretores que, mesmo com uma curta filmografia, possuem forte identidade artística. Dessa maneira, o evento tem a intenção não só de proporcionar ao público experiências cinematográficas singulares, mas também fomentar a reflexão acerca da linguagem e história do cinema.

Paralelamente às exibições, o festival promove o Curitiba_Lab, iniciativa que busca estimular e aprimorar o desenvolvimento de projetos e que, este ano, selecionou nove projetos dentre 70 inscritos. Além disso, serão três oficinas voltadas para animação, som e roteiro, e diversos seminários, que trarão ao debate questões como a distribuição do cinema de autor, crítica e curadoria, representação e representatividade.

O 7º Olhar de Cinema é uma realização da Grafo Audiovisual em parceria como o Ministério da Cultura e conta com o patrocínio BRDE, FSA, Ancine e apoio SESI-PR.

Última atualização em Sex, 15 de Junho de 2018 14:21
 


Página 7 de 59
Copyright © 2011 Acontece Curitiba. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por LinkWell.