10 dicas para comprar com segurança na Black Friday

Black Friday

 

Com a Black Friday a menos de uma semana, o consumidor precisa ser cauteloso na hora de aproveitar as promoções. Veja abaixo, as dicas da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (camara-e.net) e da Braspag para ter uma boa experiência de compras no período promocional:

1. Verifique se o site da loja exibe endereço, telefone fixo ou filial física. Observe informações como razão social e CNPJ e confirme esses dados no site da Receita Federal (www.receita.fazenda.gov.br). Se a situação estiver "baixada", "cancelada" ou "inativa", desista da compra. Alguns sites não possuem essas informações por conta das políticas da empresa ou formato de comercialização, como é o caso de marketplaces. As lojas com os selos Black Friday Legal 2017 e Clique e-Valide já passaram por essa checagem.

2. Pesquise sobre a reputação da loja que você escolheu. O Procon traz uma lista atualizada mensalmente de sites não recomendados: (http://sistemas.procon.sp.gov.br/evitesite/list/evitesites.php).

3. Verifique se o produto desejado faz parte da promoção. As lojas virtuais não são obrigadas a colocar todos os seus produtos na promoção. Em vez disso, selecionam alguns itens de seu portfólio. Se a indicação não estiver visível ao selecionar o produto desejado, tente tirar sua dúvida com a loja por meio dos canais de contato disponibilizados no site. 

4. Consulte os sites que facilitam a comparação de preços, produtos e serviços. Eles são excelentes fontes de informação, e estão constantemente atualizados.

5. Tenha antivírus, antispyware, firewall e tudo o que for possível para evitar que qualquer usuário mal-intencionado tenha acesso às suas informações.

6. Evite utilizar computadores públicos para as compras, a fim de garantir maior segurança dos seus dados. Lembre-se de que é possível comprar pelo smartphone ou tablet, além do computador convencional.

7. Use sites que tragam serviços de pagamento de renome. Nos que oferecem a opção de boleto, verifique há quanto o tempo a loja está em operação (isso é possível verificar no site da Receita).

8. Verifique se a loja possui conexão de segurança nas páginas em que são informados os dados pessoais do cliente como nome, endereço, documentos e número do cartão de crédito. Geralmente essas páginas são iniciadas por http:// e o cadeado está ativado (ícone visualizado em uma das extremidades da página). Clique no cadeado e observe se a informação do certificado corresponde ao endereço na barra de navegação do computador.

9. Leia as condições de prazos de entrega e a política de trocas e devoluções antes de finalizar a compra. Se tiver dúvidas, ligue entre em contato com a loja para saná-las.

10. Guarde todas as informações e e-mails referentes à compra, como número do pedido, confirmação de pagamento e código de rastreio do envio.

Última atualização em Seg, 20 de Novembro de 2017 17:35
 

Dia da Consciência do Protagonismo Negro

Por Jorgete Leite Lemos, diretora de Diversidade ABRH-Brasil e diretora executiva da Jorgete Lemos Pesquisas e Serviços

 

Jorgete LemosJorgete Leite Lemos, diretora de Diversidade ABRH-Brasil e diretora executiva da Jorgete Lemos Pesquisas e Serviços

 

Protagonismo negro ainda não é a realidade presente em nossa sociedade, mas está cada vez mais próximo o momento de os negros assumirem os papéis que lhes são devidos, e será pela competência.

 

O gap educacional, social e econômico que a população negra arrasta por séculos em nosso país desde que aqui chegaram seus antepassados, escravizados, vem sendo reduzido, ainda que lentamente, pela educação heutagógica, processo educacional no qual o estudante é o único responsável pela aprendizagem, decidindo onde, como e quando acessar os mais diversos saberes; assim, quanto mais proprietários do saber, mais proprietários de suas vidas e carreiras, mais autonomia, mais liberdade e respeito.

 

A evolução pela educação é irreversível e está sendo alavancada pela nova geração negra, conhecedora da história de sua origem, orgulhosa por se autoidentificar com o poder econômico que representa, e pelo poder que, a partir desse fator, o econômico, incorpora.

 

Segundo pesquisa desenvolvida pelo Instituto Locomotiva, “o Brasil negro seria o 11º país do mundo em população e o 17º em consumo. Se os negros formassem um país, estariam no G20 do consumo mundial". Essa nova geração negra, que tem orgulho de ser como é e apresenta a estética negra libertada do eurocentrismo, abre mão conscientemente do branqueamento, o que as gerações anteriores já vinham há muito experimentando, mas, sem o auxílio de valiosos aliados – a mídia e a internet –, não alcançavam os resultados de disseminação alcançados hoje.

 

É um orgulho poder conviver com essa jovem geração negra que produz conhecimento e se expressa, conceitual e tecnologicamente, por meio da literatura, do cinema, das artes em geral, e, com paciência e didatismo, conta a verdadeira história negra, ocultada há séculos da sociedade.

 

A contribuição e o valor agregado deixados pelos negros à nossa sociedade não são mencionados. Assim sendo, como podemos hoje ter o respeito e a admiração dessa mesma sociedade?  A repetição das informações sobre a escravatura, sobre a dominação e desrespeito de toda ordem sofridos pelos negros, parece nutrir o afastamento entre negros e não negros, intermediados por uma culpa intangível e pelos vieses inconscientes que a justifica.

 

A partir de agora, convido a todos, de todas as raças e etnias, a usarem esse espaço de tempo, o dia 20 de novembro, tradicionalmente destinado à reflexão sobre a importância da inclusão do negro na sociedade, para refletir e agir de acordo com a velocidade do mundo atual, que não espera mais longas reflexões sem ações rápidas, que nos permitam realinhar comportamentos, atitudes e vieses inconscientes ao novo perfil do negro – protagonista.

 

Proponho também abandonarmos a visão “nós e os outros” e racionalmente alinharmos essa visão para apenas “nós”, que estamos à deriva e precisamos corrigir a trajetória ante a finitude dos valores e de nossa sociedade.

 

A abordagem Dia da Consciência do Protagonismo Negro é consequência da nossa inferência e escolha de redirecionar o foco para o que a raça negra tem de potencial a ser reconhecido. E não anula a convicção do quanto todas as perdas passadas e ainda presentes só servem para impulsionar, cada vez mais forte, a necessidade de demonstrar o valor e o desperdício que lutam na mente de quem ainda não se deu ao direito de despertar para a nova realidade que está em construção e se efetivará em breve.

 

Este posicionamento é uma contribuição da ABRH-Brasil aos compromissos firmados pelo nosso país com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável e as metas estabelecidas pela ONU para a Década Internacional de Afrodescendentes (2015-2024), da mesma forma que é a efetivação do comprometimento da própria ABRH como signatária da Coalizão Empresarial para Equidade Racial e de Gênero.

 

Sobre a ABRH-Brasil

A ABRH-Brasil, presidida por Elaine Saad, conta está presente em 21 Estados e no Distrito Federal. As seccionais são desvinculadas juridicamente e independentes, integradas na missão de promover o desenvolvimento dos profissionais de RH e gestores de pessoas por meio de eventos, pesquisas e troca de experiências, além de colaborar com os poderes públicos e demais entidades nos assuntos referentes à sua área de atuação.

Filiada à WFPMA (World Federationof People Management Associations) e à FIDAGH (Federación Interamericana de Asociaciones de Gestión Humana), a ABRH-Brasil é cofundadora e integra a CRHLP (Confederação dos Profissionais de Recursos Humanos dos Países de Língua Portuguesa), fundada em 2010.

Última atualização em Seg, 20 de Novembro de 2017 17:23
 

Receita Selecta: Bolo Mousse Floresta Negra


De origem alemã, mas muito apreciada no Brasil, é uma pedida perfeita para as festas de final de ano

 

duas

 

Selecionamos uma receita inspirada no país de origem dos fundadores da marca Selecta Chocolates, a Alemanha, para comemorar as datas especiais de fim de ano. Isso porque o tradicional bolo de floresta negra nasceu no mesmo país. 


Na receita abaixo apresentamos o bolo com recheio aerado na versão mousse.Os produtos utilizados são da linha Namur, inspirada nos famosos chocolates belgas e elaborada a partir de liquor e manteiga de cacau, e na Supreme, que alia praticidade, bom rendimento e cremosidade. Confira!

BOLO MOUSSE FLORESTA NEGRA
Rendimento: 1 unidade de 24cm de diâmetro | Tempo de Preparo: 120 minutos

INGREDIENTES:

Massa
•        6 ovos 
•        185g ou 1 xícara (chá) de açúcar refinado
•        115g ou 1 xícara (chá) de farinha de trigo
•        50g ou 1/2 xícara (chá) de Chocolate em Pó Selecta Supreme 50% Cacau
•        45g ou 2 colheres (sopa) de manteiga derretida

Recheio e Cobertura
•        300g ou 1 e ½ xícaras (chá) de Chocolate Blend Selecta Namur 
•        300g ou 1 e ½ xícaras (chá) de creme de leite
•        300g ou 1 e 1/3 de xícaras (chá) de mistura líquida para chantilly* 
•        200g de cereja em calda
•        Cereja com cabo para decorar
•        Raspas de chocolate para decorar

MODO DE PREPARO:

Massa
Em uma batedeira, bata os ovos até dobrar de volume. Aos poucos, acrescente o açúcar em velocidade baixa. Aumente a velocidade da batedeira e bata por mais 3 minutos. Desligue e acrescente a farinha de trigo e o chocolate em pó aos poucos. Misture delicadamente. Por último, acrescente a manteiga derretida. Despeje a massa em uma assadeira redonda de 24cm de diâmetro, forrada com papel manteiga, e asse em forno preaquecido a 160°C por, aproximadamente, 35 minutos. 

Recheio Mousse de Chocolate
Derreta o chocolate blend seguindo as instruções descritas na embalagem. Aqueça o creme de leite e misture. Bata a mistura líquida para chantilly e, então, misture ao preparo anterior. Reserve.

MONTAGEM:
Corte a massa em dois discos. Umedeça com a calda da cereja e recheie com metade da mousse de chocolate. Coloque as cerejas picadas sobre a mousse e a outra metade da massa e, então, cubra todo o bolo com o restante da mousse. Decore com raspas de chocolate e cerejas com cabo.

*A mistura líquida para chantilly pode ser substituída pelo mesmo peso de creme de leite fresco 35% de gordura gelado.

Última atualização em Seg, 20 de Novembro de 2017 17:01
 

DETRAN do Distrito Federal adota a Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica

cnh digital 800x445

Na manhã desta quinta-feira (16), o diretor do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Elmer Vicenzi ao lado do governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, e do diretor do Departamento de Trânsito do Distrito Federal, Silvain Fonseca, lançou solenemente a Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica (CNH-e) no DF, que traz maior praticidade, mobilidade e segurança aos motoristas, a ferramenta estará disponível aos brasilienses partir de dezembro, e em fevereiro de 2018 a todos os condutores de veículos brasileiros.

Na prática, significa que a carteira de motorista, poderá estar presente no celular de cada condutor, dispensando o uso do documento em papel. O processo de implantação do novo sistema começou pelo Estado de Goiás e agora no Distrito Federal.

O diretor do Denatran, explicou que a CNH-e, o Sistema de Notificação Eletrônica e Lince são práticas tecnológicas avançadas. "As novas tecnologias veio para facilitar o dia-a-dia dos brasileiros, com a CNH-e não só o universo do trânsito passa a ganhar, mas toda a sociedade, já que o documento é um dos mais utilizados na identificação dos brasileiros", explicou Vicenzi.

O documento virtual poderá ser apresentado no lugar da carteira física, e será identificado pela leitura do QRCode. A carteira digital terá a mesma validade que o documento impresso. A ativação deverá ser feita no aparelho em que a CNH será salva, que será protegida por um PIN. Essa senha será exigida todas as vezes em que o acesso ao documento for requerido.

"O QR Code é gerado por um algoritmo de propriedade do governo, não é qualquer pessoa que poderá gerá-lo. Toda vez que for exibir a carteira, precisará digitar a senha de quatro dígitos. Se ela perder o celular, ninguém poderá acessar no lugar dela e ela poderá fazer o bloqueio através do portal de serviços do Denatran", ressaltou Elmer Vicenzi sobre como a tecnologia irá agregar medidas contra a falsificação do documento.

Segundo o governador Rodrigo Rollemberg, a implementação da tecnologia no âmbito do Distrito Federal é uma forma melhorar o atendimento à população. "Esse é mais um passo importante para modernizar Brasília", afirmou.

Solicitação e uso

O documento está disponível por meio de aplicativo da CNH Digital nas Lojas iTunes (iOS) e Play Store (Android).

A carteira eletrônica substitui a impressa, mas o condutor pode optar por portar qualquer uma das duas, ou ambas.

O condutor que quiser acessá-la, deverá obrigatoriamente ter uma habilitação impressa com QR Code e estar com os dados devidamente atualizados no Detran.

Caso o motorista ainda não tenha CNH com QR Code, precisará comparecer pessoalmente ao Detran para fazê-la. A inscrição de forma presencial é uma forma de evitar fraudes. Não há cobrança de taxa.

Última atualização em Qui, 16 de Novembro de 2017 15:04
 

Hospital IPO lança livro em comemoração aos seus 25 anos

Obra reúne trabalho de 15 artistas que tiveram os trabalhos expostos no Espaço Cultural do hospital

 

A MG 2678Artistas com obras retratadas no livro -  e diretora administrativa do Hospital IPO, Everlise Chandoha ( 3ª da direita para a esquerda) Crédito: Valterci Santos

 

Foi lançado nesta terça-feira (14) o livro Espaço Culturalque faz parte das comemorações dos 25 anos do Hospital IPO.  A obra é uma coletânea dos trabalhos expostos no Espaço Cultural do hospital, de 15 artistas locais que ao longo de três anos compartilharam suas criações com os colaboradores, médicos, pacientes e visitantes do hospital.

 

Para a diretora-administrativa do IPO, Everlise Chandoha, apoiar iniciativas que incentivam a cultura é uma das premissas do hospital, e sempre serão bem-vindas. "Ficamos muito honrados de comemorar os 25 anos com um livro que reúne obras de artistas talentosos e que compartilham conosco a importância de se investir em cultura, em difusão do conhecimento e de melhoria do ser humano", avalia.

 

O livro foi coordenado por Ana Lecticia Mansur e Carla Schwab e tem os textos de Eloir Jr. Os artistas homenageados no livro são: Raquel Frota, Kézia Talisin, Cecifrance Aquino, Carla Schwab, Eloir Jr., Oswaldo Fontoura Dias, Marcio Prodocimo, Luiz Felix, Ruth Mara, Monica Pailo, Katia Velo, Ana Lecticia Mansur, Fernanda Alonso, Eduardo Bragança e Ana Carolina Garcia de Faria.

"As exposições proporcionam uma simbiose entre o artista e o espectador, gerando qualidade de vida em comum, o que enaltece um dos propósitos que a arte labuta em alcançar. E nada melhor do que ser apresentada e apreciada num espaço destinado à saúde que ascende à cultura", relata Eloir Jr.

O evento de lançamento foi realizado no restaurante La Pasta Gialla do Shopping Barigui, com a presença de 50 pessoas, para um jantar comemorativo dos artistas e seus convidados, além de representantes da diretoria do hospital.

Última atualização em Qui, 16 de Novembro de 2017 14:46
 

A Revista Glamour compartilhou com o Acontece Curitiba alguns segredinhos da cantora Ivete Sangalo

20131030103137364873o

Nome: Ivete Sangalo

Profissão: Cantora

Se não fosse cantora, seria ... atleta 

Ando com desejo de ... TUDO! Estou grávida

A maternidade me trouxe ....o amor incondicional! Forte e crescente. 

Viro a cadeira para ... aqueles que veem o lado bom das coisas

Fico à vontade ... com a minha família 

Eu não espero o carnaval para ... viver intensamente 

Canto no chuveiro ... Cauby Peixoto

Perco energia com ... qualquer forma de preconceito

Troco likes e sigo de volta ... pessoas e mensagens com que me identifico 

Última atualização em Qui, 16 de Novembro de 2017 14:34
 


Página 1 de 47
Copyright © 2011 Acontece Curitiba. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por LinkWell.