Dica de filme "Fragmentado"

 

 

A dica de hoje vai para o filme "Fragmentado" que estreia amanhã em todo Brasil.

O que dizer desse filme? Primeiro, que o diretor é M. Night Shyamalan, segundo que ele conta a história de um homem que tem 23 personalidades e terceiro que quem interpreta esse homem é o ator James McAvoy.

Falar mais o quê? Que o ingresso vale a pena, que o filme é muito bem desenvolvido, o suspense cresce ao longo da trama e ele ainda é cheio de referências, simbolismos e significados.

Eu super recomendo!!!

 

Rita Vaz

 

 

"Moonlight: Sob a Luz do Luar"

A dica de hoje vai para o filme "Moonlight: Sob a Luz do Luar" que acabou de ganhar o Oscar 2017 de Melhor Filme, o prêmio mais cobiçado da cerimônia. E eu posso dizer com toda a certeza de que ele é merecedor de todos os prêmios que ele ganhou. O filme é de uma poesia impressionante, porque apesar de falar de um tema pesado, ele é leve e encantador. E como cinema, ele é arte pura. Chiron é um jovem negro que mora em um bairro pobre de Miami. Conhecemos três momentos da vida dele, do bullying na infância, da crise de identidade da adolescência e do universo do crime na vida adulta. Um filme hipnotizante de tão bom que é!!!

 

Rita Vaz

 

A grande muralha

A dica de hoje vai para o filme "A Grande Muralha". Século XV, dois mercenários buscam o pó negro. Depois de matarem uma estranha criatura, eles são levados como prisioneiros a um posto em plena Muralha da China. Lá eles descobrirão que um enorme exército protege o mundo. Incríveis efeitos especiais, ótimo roteiro e muita diversão é o que aguarda você!!

 

Capitão Fantástico

Captain Fantastic Romance Movies

 “Capitão Fantástico” é um filme incrível que de maneira inteligente nos mostra que não devemos ser extremistas.

Tal qual Buda disse uma vez, o caminho do meio é o melhor caminho.

Viggo Mortensen é Ben, o pai, o comandante, o capitão de uma família de seis filhos.

Esses filhos têm idades que variam de seis a dezoito anos.

Por opção, ele e a esposa decidiram viver isolados com seus filhos, longe da sociedade moderna, que eles consideram permissiva.


capitão

Os dois ensinam tudo para os filhos, eles estudam em casa, aprendem desde a gramática básica, até questões filosóficas e sociológicas.

O casal também ensina os filhos a sobreviver em plena floresta, praticando muitas atividades físicas, caçando e plantando para comer, porém respeitando profundamente a natureza.

Mas, por conta de uma tragédia familiar eles se veem obrigados a sair do seu mundo utópico e interagir com outras pessoas.

Apesar de todo o conhecimento, os filhos de Ben não sabem conviver em sociedade, não tem traquejo nem um para sociabilizar.

A história é uma linda jornada de autoconhecimento, tanto para Ben quanto para seus filhos.

O filme tem uma ótima fotografia, uma trilha sonora muito bonita e uma performance de elenco incrível, porque ao longo da história você acredita estar diante de uma família.

O filme ainda faz a gente mudar de opinião e gostar e desgostar de determinados personagens várias vezes ao longo da trama.

A ideia de uma sociedade onde as coisas realmente funcionam é ótima, mas a gente sabe que com milhões de pessoas interagindo, as regras mudam e não dá para viver como eles imaginam.

Uma ótima opção de entretenimento, ver um filme que fala de amor ao próximo, de respeito, de vida e de morte.

Título Original: Captain Fantastic
Gênero: Comédia Dramática
Tempo de Duração: 1 hora e 58 minutos
Ano de Lançamento: 2016

Direção: Matt Ross

Elenco: Viggo Mortensen, Frank Langella, George Mackay, Samantha Isler, Annalise Basso, Nicholas Hamilton, Shree Crooks, Charlie Shotwell.

RITA VAZ

TUDO SOBRE FILMES – www.ritavazm.blogspot.com.br

 

Leia também

Crítica do filme | O Contador

O Vendedor de Sonhos” é sucesso

Horizonte Profundo – Desastre no Golfo

 

Última atualização em Qua, 04 de Janeiro de 2017 11:06
 

O Vendedor de Sonhos” é sucesso

Para fechar o ano com chave de ouro, as sessões CineMaterna que acontecem pelo país de 15 a 21 de dezembro estão recheadas de grandes sucessos. Em quase todas as salas de cinema a estrela é o filme brasileiro “O Vendedor de Sonhos”, que em sua segunda semana de exibição já é sucesso de bilheteria. O longa é uma adaptação do best-seller homônimo do psicoterapeuta e escritor Augusto Cury, e conta a história de Júlio César, um psicólogo decepcionado com a vida que tenta o suicídio, mas é impedido de cometer o ato por intermédio de um mendigo, o "Mestre".  

Os filmes Elis; Animais Fantásticos e Onde Habitam; Sully - O Herói do Rio Hudson; e Fallen também foram escolhidos pelo público por meio de enquete no site da ONG – cinematerna.org.br - e marcarão presença nas telonas do CineMaterna. 

As sessões CineMaterna são preparadas especialmente para que mães e bebês sintam-se confortáveis durante a exibição do filme. As salas são levemente iluminadas, com som e ar condicionado suaves, trocador abastecido com fraldas, pomadas e lenços umedecidos - que podem ser usados gratuitamente –, tapete emborrachado para os nenéns que já engatinham e ‘estacionamento’ de carrinhos de bebê. Mães voluntárias recepcionam o público e estão prontas para ajudar em caso de necessidade. Pais e acompanhantes também são muito bem-vindos.

Não é preciso reservar lugares. A venda de ingressos é feita na própria bilheteria.

 

Horizonte Profundo – Desastre no Golfo

 

filmes 2854 deepsh6

Em 20 de abril de 2010, o mundo foi surpreendido com a notícia de uma grande explosão na plataforma de petróleo Deepwater Horizon.


Dois dias depois, a plataforma afundou a aproximadamente 80 quilômetros da costa da Louisiana, sul dos Estados Unidos.


O petróleo começou a vazar da tubulação rompida, formando uma enorme mancha que se aproximou do litoral americano.


Pela extensão da mancha, este evento foi considerado o maior desastre ecológico da história dos Estados Unidos, e é muito bom poder ver na tela essa recente e triste história.


Esse é o mote do filme “Horizonte Profundo”.

 

desas

 


A catástrofe ecológica é largamente conhecida pela população mundial, mas o que nos foi dito acerca das pessoas que trabalhavam naquela plataforma?


O que aconteceu realmente lá? Quantas pessoas sobreviveram? Quem morreu?


E como vivem os sobreviventes depois de passar por um trauma dessa magnitude?


Alguém foi punido pelo que aconteceu?


São muitas perguntas, mas o filme nos dá uma boa ideia do que aconteceu por lá, porque foca exatamente nas pessoas, no contingente humano, nas suas vidas, durante e pós acidente.


Além da possibilidade de ver fotos reais, o filme mostra detalhadamente todo o processo que levou à explosão.


É incrível como o diretor Peter Berg conseguiu envolver o espectador e o inseriu na crescente ansiedade da história, que todos sabem, vai acabar explodindo.


As atuações estão boas, os efeitos especiais estão ótimos, e o roteiro é honesto.


Para quem gosta do gênero que retrata histórias reais “Horizonte Profundo” é uma escolha perfeita.

Título Original: Deepwater Horizon
Gênero: Drama/Ação
Tempo de Duração: 1 hora e 48 minutos
Ano de Lançamento: 2016
Direção: Peter Berg
Elenco: Mark Wahlberg, Dylan O’Brien, Kate Hudson, Kurt Russel, John Malkovich, Gina Rodriguez, John L. Armijo, Joe Chrest, David Maldonado, Jim Klock, Garrett Hines.

 

Leia também

Crítica do filme | O Contador

Sete Homens e Um Destino

O Bebê de Bridget Jones

Horizonte Profundo – Desastre no Golfo

Em 20 de abril de 2010, o mundo foi surpreendido com a notícia de uma grande explosão na plataforma de petróleo Deepwater Horizon.
Dois dias depois, a plataforma afundou a aproximadamente 80 quilômetros da costa da Louisiana, sul dos Estados Unidos.
O petróleo começou a vazar da tubulação rompida, formando uma enorme mancha que se aproximou do litoral americano.
Pela extensão da mancha, este evento foi considerado o maior desastre ecológico da história dos Estados Unidos, e é muito bom poder ver na tela essa recente e triste história.
Esse é o mote do filme “Horizonte Profundo”.
A catástrofe ecológica é largamente conhecida pela população mundial, mas o que nos foi dito acerca das pessoas que trabalhavam naquela plataforma?
O que aconteceu realmente lá? Quantas pessoas sobreviveram? Quem morreu?
E como vivem os sobreviventes depois de passar por um trauma dessa magnitude?
Alguém foi punido pelo que aconteceu?
São muitas perguntas, mas o filme nos dá uma boa ideia do que aconteceu por lá, porque foca exatamente nas pessoas, no contingente humano, nas suas vidas, durante e pós acidente.
Além da possibilidade de ver fotos reais, o filme mostra detalhadamente todo o processo que levou à explosão.
É incrível como o diretor Peter Berg conseguiu envolver o espectador e o inseriu na crescente ansiedade da história, que todos sabem, vai acabar explodindo.
As atuações estão boas, os efeitos especiais estão ótimos, e o roteiro é honesto.
Para quem gosta do gênero que retrata histórias reais “Horizonte Profundo” é uma escolha perfeita.

Título Original: Deepwater Horizon
Gênero: Drama/Ação
Tempo de Duração: 1 hora e 48 minutos
Ano de Lançamento: 2016
Direção: Peter Berg
Elenco: Mark Wahlberg, Dylan O’Brien, Kate Hudson, Kurt Russel, John Malkovich, Gina Rodriguez, John L. Armijo, Joe Chrest, David Maldonado, Jim Klock, Garrett Hines.

RITA VAZ
TUDO SOBRE FILMES – www.ritavazm.blogspot.com.br

 

 

 



Última atualização em Qui, 17 de Novembro de 2016 14:12
 


Página 1 de 42
Copyright © 2011 Acontece Curitiba. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por LinkWell.