Venda de lingerie triplica em dezembro

Calcinha amarela é a líder de vendas. Mas será que traz mesmo dinheiro?

imagem release 1158616Crédito: Divulgação

Dezembro começou com o anúncio que muitas pessoas esperam para escolher o tom certo do ano novo. Para 2018, na teoria, a tendência de moda, design e cultura irá apostar no ultravioleta, mas na prática, parece que as coisas não funcionam exatamente assim. Desde o ano passado, por conta da crise, o público tem apostado no amarelo como a cor da virada. O motivo é claro: de acordo com as superstições, a tonalidade significa mais dinheiro no novo ano.  

Mas as simpatias não param por aí. Há quem acredite que usar o amarelo em novas lingeries é ainda mais efetivo, além de ser uma opção mais em conta para quem está atrás de um presente. De acordo com Alison Mazza Lubascher proprietária da franquia Liz do ParkShoppingBarigui, neste ano o amarelo continua liderando as vendas dessa época. “As pessoas buscam muito as calcinhas como presentes de final de ano, principalmente para eventos como amigo secreto, em que os valores são um pouco menores. Com o movimento de Natal que já começou, temos percebido uma busca maior do que no ano passado pela cor amarela, tanto que para este ano criamos uma edição especial nessa cor, que vem acompanhada de um pingente Swarovski”, conta.

Para se preparar ainda mais, Alison conta que houve um reforço de 25% no estoque de calcinha amarela, em relação a dezembro do ano passado. Segundo ela, é preciso aumentar o estoque para suprir a demanda. “O período do Natal é o melhor de vendas para nós. Durante o ano vendemos cerca de mil peças por mês e, em dezembro, estamos esperando triplicar esse valor", finaliza. 

imagem release 1158611Crédito: Divulgação

Traz dinheiro mesmo?

Segundo a professora de Economia da Universidade Positivo, Leide Albergoni, apenas simpatia não basta para que 2018 seja um ano mais tranquilo financeiramente. “A receita ideal é o planejamento e o início do ano é a época ideal para se programar”, ressalta. Em primeiro lugar, a especialista recomenda conhecer a estrutura de gastos. “Anote todos os gastos diariamente e organize as despesas em uma planilha, separando-as por categoria: alimentação fora de casa, contas da casa (energia, telefone, supermercado), escola, transporte (combustível, vale transporte, táxi), vestuário, lazer, seguros (carro, casa, vida), impostos, financiamentos e empréstimos, entre outras despesas que você identificar”, explica.

Em seguida, a professora orienta estabelecer metas de gastos mensais. “Determine um limite máximo para cada categoria (supermercado, transporte, vestuário, entre outras despesas que dependem de suas escolhas). O ideal seria fazer o balanço diariamente, mas uma vez por semana já é suficiente para se planejar para a semana seguinte”, conta. Além  dos gastos rotineiros, o início de ano é sinônimo de despesas como IPTU, IPVA, material escolar e seguro. “É recomendável aproveitar o 13º salário para pagar essas despesas, ou então ir guardando um pouquinho por mês durante o ano  para conseguir pagar à vista”, explica.

Última atualização em Qua, 13 de Dezembro de 2017 15:19
 

Tais Araújo, Erika Januza e Miss 2016

As cacheadas se reuniram no Rio de Janeiro na última semana

 

19

O que Tais Araujo, Erika Januza e Rayssa Santana têm em comum? Além de lindas, cacheadas e empoderadas, as três estão na nova campanha de L'Oréal Paris – Elseve Óleo Extraordinário Cachos. A campanha vai ao ar a partir de janeiro, quando os produtos da linha chegam ao mercado.

 

Tais Araujo, porta-voz de L'Oréal Paris que participou do processo de criação dos produtos, revelou seu segredo para os cachos perfeitos: "Adoro misturinhas. Costumo misturar óleo e leave inpara um efeito bem natural nos fios".  Erika Januza e Rayssa Santana, embaixadoras da linha Elseve Cachos, revelaram que Tais sempre foi a inspiração quando o assunto era beleza dos cabelos: "Ela foi e continua sendo referência quando o assunto é cabelo cacheado. Sempre me inspirei muito na Taís e está sendo incrível estar ao lado dela nesse projeto", disse a Miss Brasil 2016.

 

20

 

Desenvolvida especificamente para cabelos cacheados a crespos ou em processo de transição capilar, a linha é enriquecida com Óleo de Coco, poderoso ingrediente que penetra na fibra mais profunda do cabelo e garante a umectação perfeita sem pesar.

Última atualização em Qua, 13 de Dezembro de 2017 15:07
 

6 dicas para viajar de avião com crianças

16

 

As férias escolares chegaram. Com isso, muitas famílias aproveitam o período do recesso do final do ano para viajar. Mas, viajar com crianças nem sempre é muito fácil e pode deixar os pais mais cansados e preocupados, principalmente se a viagem for de avião. Quanto maior o tempo de voo, maior a necessidade de um planejamento para que tudo corra bem.

 

Além disso, alguns pais podem ter medo de voar e, com isso, passar essa ansiedade para as crianças, o que não é nada bom. Com a ajuda das psicólogas e fundadoras da VOE Psicologia, Fernanda Queiroz e Paola Casalecchi, elaboramos algumas dicas que podem ajudar os pais e as crianças a curtirem o voo.

 

17

1. Gerencie seu medo
Lembre-se que o medo é seu e não do seu filho. Como as crianças copiam os comportamentos dos adultos, especialmente dos pais, é importante que você não demonstre seu receio sobre voar. Vale lembrar, inclusive, que a maioria das fobias se desenvolve na infância e filhos de pais fóbicos têm 15% a mais de chance de perpetuar o padrão de comportamento familiar na fase adulta.

 

2. Converse com a criança
É muito importante preparar a criança, especialmente aquelas que já falam e entendem os pais, para a viagem. A ansiedade, muitas vezes, surge por medo do desconhecido. Se for a primeira viagem de avião, explique o que acontece e como ela deve se comportar. Fale dos procedimentos, do cinto de segurança, etc. Mostre fotos de como é a cabine dos pilotos, explique como eles dirigem o avião e como a equipe de bordo está preparada para ajudar todo mundo, caso haja necessidade.

3. Chegue cedo ao aeroporto
Crianças costumam ficar fascinadas com pousos e decolagens. Assim, planeje chegar um pouco antes para poder mostrar os aviões, usar o banheiro e comer.

4. Diversão a bordo
Viajar de avião longas horas pode ser entediante, mesmo para um adulto. No caso das crianças organize jogos, livros e brinquedos para distração durante o voo. Algumas aeronaves contam com filmes e videogame também.

5. Abrace
Nada melhor que a criança se sentir segura. Aproveite a viagem para abraçar, dar colo ou até mesmo ficar de mãos dadas com a criança. O afeto durante o voo pode ajudar a acalmar os pequenos, especialmente os menores.

 

6. Alimentação
Quem viaja com crianças deve estar preparado para tudo. Por isso, leve frutas, biscoitos ou alimentos que façam parte do cardápio do dia a dia e não estraguem com facilidade. Se a criança ainda mama no peito, também é uma excelente maneira de evitar dor de ouvido, especialmente no pouso e na decolagem.

 

18

“Mas, se nenhuma estratégia funcionou e a criança ficar com medo durante o voo, o ideal é tirar o foco, falando de outros assuntos, como, por exemplo, como será legal a viagem, os lugares que irão conhecer, etc. Os pais também podem orientar a criança a respirar, pois a respiração lenta e profunda ajuda a diminuir a ansiedade”, explica Paola.

Vale lembrar que o medo de voar pode ser tratado. 

Última atualização em Qua, 13 de Dezembro de 2017 14:57
 

obras icônicas da humanidade

Existem obras arquitetônicas tão magníficas e únicas que ultrapassam seus sentidos práticos e tornam-se ícones e cartões postais de cidades e até nações. Consideradas patrimônios culturais da humanidade pela UNESCO (acrônimo de United Nations Educational, Scientific and CulturalOrganization, órgão executivo da ONU), elas exaltam a criatividade e competência humana no setor de arquitetura e construção.   

A famosa Torre Eiffel, do engenheiro civil Gustave Eiffel, foi construída na capital da França, Paris, em surpreendente dois anos e inaugurada em 1889. Pesando 7.300 toneladas de ferro forjado, a Torre possui 317 metros de altura e sua forma sutilmente piramidal foi concebida devido aos fortes ventos em altitudes elevadas, fator que influenciou até mesmo no tamanho e colocação dos buracos de rebites da torre.  Curiosamente, na época de seu lançamento, a estrutura foi odiada por grande parte da comunidade artística da cidade, que a condenou como “desnecessária”, e foi até comparada a uma chaminé de fábrica. A oposição da época não poderia estar mais enganada, atualmente a média de turistas que visitam a torre é de 7 milhões ao ano, para se ter uma ideia, esse número é superior a quantidade de visitantes que o Brasil inteiro recebe no mesmo período. Sua natureza icônica a transformou em um símbolo da nação francesa e da cidade de Paris.

Outra das obras mais belas do mundo, o Taj Mahal, localizado na Índia, foi construído durante vinte e dois anos e finalmente completado em 1653. Sob a romântica narrativa de que o imperador mongol Shah Jahan perdeu sua amada esposa Aryumand e a quis homenagear construindo uma tumba que simbolizasse seu amor eterno. Com a clara inspiração persa dos jardins e até os minaretes ao lado do prédio principal, o local recebe mais de 20 mil visitantes por dia e é uma obra prima da simetria arquitetônica. A construção tem como destaque a pureza do mármore indiano fino e branco, a ornamentação requintada com pedras preciosas - Lápis Lazuli do Afeganistão, Jade e cristais da China, Safiras do Ceilão, Turquesa do Tibet, Ametista da Pérsia, Âmbar do Oceano Índico e ágatas do Iêmen – completam a edificação única que é o Taj Mahal.

Já Bruxelas, capital da Bélgica, é uma das cidades mais importantes da União Europeia. Com arquitetura histórica, a cidade é conhecida por misturar estilos arquitetônicos antigos e novos. Dentre diversos pontos turísticos se destaca a Grand Place de Bruxelas, do século XVII, ponto principal da cidade, a praça é considerada uma das mais bonitas do mundo que mistura os estilos gótico, barroco, neogótico e clássico, e é rodeada por casas geminadas que no passado eram usadas por mercadores. O prédio mais imponente é o da Prefeitura, com 96 metros de altura, uma obra-prima da arquitetura gótica do século XV. O local abriga outros belíssimos edifícios, incluindo a Casa do Rei – que hoje é um museu. Juntos, eles transformam a praça no coração da cidade.

Além de encantarem milhões de pessoas e serem mundialmente famosas, estas obras influenciam positivamente o local que estão inseridas e, principalmente, impactam no sentimento de pertencimento e orgulho de seus cidadãos, reforçando os seus legados.

Enquanto isso, no Brasil, é preciso uma mudança de perspectiva. Tanto a população quanto o poder público necessitam valorizar, apoiar e promover iniciativas que envolvam edificações e obras que engrandeçam a cidade e seus atrativos turísticos.

Por FIABCI-BRASIL.  

Última atualização em Qua, 13 de Dezembro de 2017 13:33
 

Vilão da perda do colágeno

Exposição à radiação UV provoca a produção de radicais livres, que, em excesso, leva ao stress oxidativo e degradação das fibras de colágeno, gerando flacidez.

 

13

 

 

*Por Cláudia Peres

Há muito se fala sobre a importância do colágeno como substância responsável por garantir a firmeza da pele e, consequentemente, sua aparência jovem e saudável. Também é sabido que, após os 25 anos, existe uma diminuição progressiva na produção de colágeno pelo organismo, essa redução é estimada em 1% ao ano. Além da perda natural, diversos fatores contribuem para acelerar esse processo, como: o tabagismo, stress, consumo de álcool, consumo excessivo de açúcar, poluição, baixos níveis hormonais e, principalmente, a exposição ao Sol.

O Sol é um dos grandes vilões do colágeno da pele. A maioria da população desconhece este fator, mas a radiação UV, emitida pelo Sol, provoca a produção de radicais livres, que, em excesso, leva ao stress oxidativo e alterações irreversíveis na conformação celular. Neste processo, as fibras de colágeno são quebradas, gerando a flacidez da pele, não só do rosto, mas do corpo todo.

Em casos extremos, de exposição intensa e por períodos prolongados, a pele pode apresentar um tipo de lesão conhecida como ‘Elastose Solar’. Neste caso, as fibras de colágeno e elastina apresentam uma degradação profunda, a pele perde sustentação e elasticidade, virando uma placa coriácea (textura semelhante ao couro, que se quebra facilmente), dura e cheia de rugas.

Na esperança de repor a proteína perdida, muitos brasileiros estão aderindo ao consumo do colágeno hidrolisado. Porém, os estudos clínicos desenvolvidos até o momento não são considerados conclusivos para determinar sua eficácia na dermatologia.

Quando esse colágeno hidrolisado entra no organismo, é transformado em aminoácidos. Até o momento não é possível afirmar se esses aminoácidos serão totalmente absorvidos e aproveitados para a produção de colágeno.

Em contrapartida, diversos tratamentos estéticos vêm apresentando excelentes resultados e são indicados para estimular a produção de colágeno pelo organismo. Desde procedimentos considerados simples, como os peelings de ácido retinóico; até equipamentos sofisticados, como o ultrassom micro e macrofocado, laser e a radiofrequência, que também atuam com esta finalidade.

Além disso, existem os preenchedores à base de ácido hialurônico, que retém água e criam um meio propício para a estimulação da produção da proteína na face; e os bioestimuladores à base de hidroxiapatita de cálcio e ácido polilático, geralmente aplicados no corpo, com ótimos resultados no combate à flacidez.

Mesmo com diversas opções de tratamento para recuperar o colágeno perdido, o mais importante é a prevenção. Neste sentido, os fotoprotetores solares são os maiores aliados de quem deseja uma pele saudável e firme. O ideal é combinar protetor solar com chapéus, óculos escuros e roupas com proteção UV.

Existem também algumas substâncias que podem ser ingeridas para potencializar o efeito desses filtros solares. Elas não substituem os filtros, e sim ajudam a ampliar a proteção, diminuindo os efeitos dos radicais livres, que causam o envelhecimento. Mais do que uma pele bonita, a pessoa vai conquistar uma pele saudável, minimizando o risco de patologias graves, como queimaduras ou câncer de pele.

Para identificar as melhores formas de tratamento, é recomendado que os pacientes realizem, regularmente, consultas com médicos para avaliar a melhora e indicar o tempo de uso mais adequado.

*Cláudia Peres é médica dermatologista, especialista pela SBD – Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Última atualização em Qua, 13 de Dezembro de 2017 13:08
 

Destaque | Orquestra Sinfônica do Paraná

As duas apresentações gratuitas serão no Gramadão, no sábado (16) e no domingo (17).

 

12Foto: Jaelson Lucas/Agência Estadual de Notícias

A Orquestra Sinfônica do Paraná (OSP) vai trazer a delicada harmonia da música clássica para o Gramadão da Vila A neste sábado (16) e domingo (17), às 20h30. As apresentações são o destaque dessa semana na programação do Natal de Foz, que, ao longo de todo o mês de dezembro, está deixando a cidade das Cataratas ainda mais encantadora. 

Dotada de uma capacidade de adaptação a diversos estilos, do clássico ao contemporâneo, a OSP tem em seu currículo mais de 500 apresentações dentro e fora do Estado. Com o Ballet Teatro Guaíra, esteve presente em montagens como o ballet “Quebra-Nozes” de Tchaikovsky e de “Romeu e Julieta” de Prokofiev, além de ter participado nas óperas “Carmen” de Bizet, “Viúva Alegre” de Lehar e “La Bohème” de Puccini.

O espetáculo da Orquestra neste fim de semana encerra as atividades do Natal no Gramadão, que voltou a receber a programação natalina de Foz do Iguaçu após 13 anos. Desde o último dia 2, quando começaram os shows neste espaço, milhares de pessoas compareceram ao Gramadão nas noites de sábado e domingo para acompanhar os espetáculos de cultura e cheios de magia. Depois deste fim de semana, o Natal de Foz prosseguirá até o dia 22 com atrações na Praça da Paz.

Programe-se

A terça-feira (12) abre a semana do Natal de Foz com a banda Estela Rodrigues, às 19h, na Praça da Paz, seguida pelo grupo de dança do CAIC Porto Meira, banda Raphael Thiago e Coral Som da Vida. Na quarta-feira (13), também na Praça da Paz, tem Banda Noel Silva às 19h, grupo de dança do CAIC Porto Meira, banda Kalarrari e, para fechar a noite, a banda do Exército, às 21h. 

Também na Praça da Paz, na quinta-feira (14), a partir das 19h, tem as bandas PJ7, Chai e o instrumentista Tiago Rossato. A sexta-feira (15) fecha as apresentações da semana na Praça da Paz, com Circo Brincaderia às 19h, Balé Julia Corneta às 20h e Clarissa Bruns às 21h.

Relembrando, as apresentações da Orquestra Sinfônica do Paraná no Gramadão serão às 20h30, no sábado (16) e domingo (17). Todas as atrações são gratuitas – chegue cedo para garantir um bom lugar. 

A Praça da Paz também tem várias atrações fixas, de terça a domingo: a Casa do Noel, o Túnel de Luz e a Fábrica de Brinquedos. Sem falar nas comidinhas deliciosas!

O Natal de Foz é uma parceria da Prefeitura de Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional, Iguassu Convention and Visitors Bureau e Fundação Cultural de Foz do Iguaçu, com patrocínio da Acifi, Cataratas do Iguaçu S.A., Fecomércio, Sanepar, Governo do Estado do Paraná, Itaipu Binacional e apoio do Fundo Iguaçu, Itamed e Sindilojas.

A Itaipu
Com 20 unidades geradoras e 14.000 MW de potência instalada, a Itaipu Binacional é líder mundial na geração de energia limpa e renovável, tendo produzido, desde 1984, mais de 2,5 bilhões de MWh. Em 2016, a usina retomou a liderança mundial em geração de energia, com a marca de 103.098.366 MWh gerados. A hidrelétrica é responsável pelo abastecimento de 17% de toda a energia consumida pelo Brasil e de 76% do Paraguai.

Última atualização em Ter, 12 de Dezembro de 2017 15:14
 


Página 1 de 123
Copyright © 2011 Acontece Curitiba. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por LinkWell.