Crítica de "O Doutrinador"

874aa865962595.5b05eb8b4e17d
Finalmente o HQ escrito por Luciano Cunha está nos cinemas. "O Doutrinador" trata da hipocrisia política (Foto: Divulgação)

 

 

Baseado na HQ de mesmo nome, escrita por Luciano Cunha e lançada em 2008, pelo facebook, “O Doutrinador” chega aos cinemas com uma legião de fãs.

 

Quem não conhece o personagem fica bastante surpreso quando descobre sua história.

 

E essa surpresa aparece quando as pessoas ficam sabendo que esse anti-herói ou herói, é brasileiro e tem como objetivo exterminar com os políticos corruptos.

 

Interessante, não é? Pois bem, Miguel é um agente da polícia federal, que vive em um país dominado por um bando de políticos que só querem se dar bem.

 

Eles roubam e dividem entre si, o erário público, deixando a população perecer com falta de segurança, falta de atendimento na rede de saúde, falta de remédios e recursos básicos.

 

Quando Miguel sofre uma tragédia pessoal, ele se vê no limite, e começa a caçar todos os políticos envolvidos nesse caso específico, mas não deixando para trás, outros, que possam dar continuidade à roubalheira.

 

Por conta do destino, ele encontra uma pessoa que o ajuda nas investigações, mas, terá que enfrentar outras, que há pouco eram suas companheiras de trabalho.

 

Ele se torna um homem que quer vingança/justiça a qualquer custo, nem que seja com as próprias mãos.

 

Toda a história acontece em uma cidade imaginária, que parece conter um pouco de cada cidade brasileira e de cada rastro de corrupção também.

 

O diretor Gustavo Bonafé faz um filme dinâmico, com o gênero ação em alta, como há muito não se via no cinema nacional.

 

Os personagens são caricatos, mas são fiéis aos quadrinhos, o que vai deixar os fãs da HQ, muito contentes.

 

O elenco está entrosado e ótimo no filme, e o destaque vai para o ator Kiko Pissolato que encarna o Doutrinador com muita garra e muito sangue no olho.

 

E qualquer semelhança com nossa realidade, não é mera coincidência.

 

O autor da HQ, cansado de tanta hipocrisia com a política nacional, resolveu lutar do jeito que sabia, criando um personagem que fizesse uma catarse para ele e para a população brasileira.

 

legiao uBpRPkdyhaATeNM ljiX3Vb27t5z8LW9UZ1JFCsoYm.png
Luciano Cunha criador do Doutrinador (Foto: Google Imagens)

 

E conseguiu! O filme proporciona excelentes momentos catárticos do início ao fim.

 

Por não termos um verdadeiro herói, daqueles que dá a possibilidade de julgamento ao bandido, mas termos aquele que mata todos os corruptos que estiverem ao seu alcance, sem pestanejar, portanto, temos um anti-herói, acabamos caindo naquela história na qual nos encontramos em um verdadeiro dilema moral.

 

A gente torce por ele, mesmo sabendo que o que acontece na tela, não deveria ser feito daquele jeito. Não deveria, mas a gente torce por ele no escurinho do cinema.

 

Portanto, vá ao cinema assistir “O Doutrinador”, você vai ficar surpreso com tanta com coisa boa na telona!

 

 

Título Original: O Doutrinador

Gênero: Ação/Policial
Tempo de Duração: 1 hora e 40 minutos
Ano de Lançamento: 2018

Direção: Gustavo Bonafé

Elenco: Kiko Pissolato, Samuel de Assis, Tainá Medina, Marilia Gabriela, Eduardo Moscovis, Helena Ranaldi, Natalia Lage, Natallia Rodrigues, Tuca Andrada.

RITA VAZ

TUDO SOBRE FILME – www.tudosobrefilme.com.br

Última atualização em Qua, 07 de Novembro de 2018 09:53
 

Mês de novembro cheio de comédias

Shows de stand-up comedy estão na programação1541432424"O problema é meu", com Rodrigo Marques é uma das peças que estará em cartaz no Teatro EBANX Regina Vogue (Foto: Divulgação)

 

Para começar bem o mês de novembro com muitas risadas, o Teatro EBANX Regina Vogue, localizado no Shopping Estação, recebe na próxima sexta (9) a peça "Um palco, dois trouxas". No espetáculo, imitações e paródias são alguns dos artifícios usados pela dupla de humoristas Marcos Castro e Ed Gama.

Parceiros de YouTube, a dupla traz ao palco seus números de maior sucesso na internet, como o quadro “Famosos Cantam”, e números inéditos de humor.

O show com uma hora de duração vai garantir boas gargalhadas para toda a família. Os ingressos custam R$ 30 (meia) e R$ 60 (inteira).

O problema é meu

Para o dia 10 de novembro foi programada a peça "O problema é meu", com Rodrigo Marques. O espetáculo reúne os melhores textos criados pelo comediante durante os seus primeiros sete anos de carreira. O show conta com muita interação e improviso, marcas registradas do trabalho de Marques, que é pernambucano, jornalista e redator publicitário.

O humorista acumula em seu currículo diversos trabalhos que o credenciam como um dos principais nomes do humor no Brasil, sendo que atualmente Marques é um dos apresentadores do programa A Culpa é do Cabral, no Comedy Central.

Os ingressos para assistir ao show no Teatro EBANX Regina Vogue custam R$ 30 (meia) e R$ 60 (inteira). O espetáculo começa às 21 horas.

os outros

Os Outros

Já no dia 11 de novembro, a partir das 19 horas, é a vez do espetáculo "Os outros". Este stand-up reúne um elenco com nomes que estão sempre em destaque entre os melhores shows do país: o ator e humorista Gio Lisboa, uma das mais novas revelações no meio da comédia; Victor Ahmar, roteirista do Programa do Porchat e finalista da última edição do Quem Chega Lá (quadro do Domingão do Faustão). Ahmar faz parte atualmente de grandes projetos como Jokes, Fritada e Comedy Central Stand Up, e Victor Camejo que já escreveu mais de 500 edições de talk-shows nacionais.

Os ingressos para assistir ao show custam R$ 30 (meia) e R$ 60 (inteira).

Fase de testes

Nos dias 15 e 22 de novembro será realizado o stand-up "Fase de testes", com Afonso Padilha. O humorista, que já escreveu peças para canais como Porta dos Fundos e participou dos principais shows da cena nacional, agora vem para Curitiba com seu novo espetáculo de comédia. Uma apresentação que promete divertir e garantir boas risadas.

O show será realizado a partir das 20h. Os ingressos custam R$ 30 (meia) e R$ 60 (inteira).

Serviço

Um palco, dois trouxas

Sexta-feira (9)

21 horas

Classificação: 14 anos

Ingressos: R$ 30 mais taxa de administração (meia) e R$ 60 mais taxa adm. (inteira)

O problema é meu

Sábado (10)

21 horas

Classificação: 14 anos

Ingressos: R$ 30 mais taxa de administração (meia) e R$ 60 mais taxa adm. (inteira)

Os outros

Domingo (11)

19 horas

Classificação: 14 anos

Ingressos: R$ 30 mais taxa de administração (meia) e R$ 60 mais taxa adm. (inteira)

Fase de testes

Quinta-feira (15 e 22)

20 horas

Classificação: 14 anos

Ingressos: R$ 30 mais taxa de administração (meia) e R$ 60 mais taxa adm. (inteira)

Teatro Regina Vogue (piso L2)

Mais informações pelo telefone (41) 2101-8292

teatroebanxreginavogue.com.br

Shopping Estação

Av. Sete de Setembro, 2.775, Rebouças - Curitiba (PR)

(41) 3094-5300

www.shoppingestacao.com.br

@shoppingestacao |www.facebook.com/ShoppingEstacao

Última atualização em Seg, 05 de Novembro de 2018 13:46
 

Começam apostas para MEGA DA VIRADA

10ª Edição do concurso especial tem prêmio estimado em R$ 200 milhões

 

economia mega da virada 20171227 001
 Começaram hoje, segunda-feira (05), nas lotéricas da CAIXA ECONÔMICA (Foto: Aloisio Mauricio /Fotoarena/Folhapress)

As apostas para a 10ª edição da Mega da Virada começam nesta segunda-feira (5). A estimativa de prêmio é de R$ 200 milhões para o apostador que acertar os seis números da sorte do concurso 2.110, que será sorteado no dia 31 de dezembro de 2018.

Como nos demais concursos especiais, o prêmio principal da Mega da Virada não acumula. Não havendo apostas premiadas com seis números, o prêmio será rateado entre os acertadores de cinco números – e assim sucessivamente.

Caso apenas um ganhador leve o prêmio da Mega da Virada e aplique todo o valor na Poupança da CAIXA, receberá cerca de R$743 mil em rendimentos mensais. Ou se preferir ter uma vida mais luxuosa, o ganhador pode comprar uma mansão em São Paulo ou no Rio de Janeiro no valor de R$50 milhões; abrir vinte franquias da rede de restaurantes mais famosa do Brasil somado a um jatinho com capacidade para dez passageiros, que permite voar entre Nova York e Londres, no valor de R$130 milhões; e ainda passar a virada do ano com a família e amigos, percorrendo os principais países da Ásia e Oceania como Austrália, China, Japão e Nova Zelândia.

A aposta simples custa apenas R$ 3,50 e pode ser feita com volantes específicos da Mega da Virada nas lotéricas e também no Portal Loterias Online (www.loteriasonline.caixa.gov.br). Clientes com acesso ao Internet Banking CAIXA podem fazer suas apostas na Mega da Virada pelo seu computador pessoal, tablet ou smartphone. Para isso, basta ter conta corrente no banco e ser maior de 18 anos. O serviço funciona das 8h às 22h (horário de Brasília), exceto em dias de sorteios, quando as apostas se encerram às 19h, retornando às 21h para o concurso seguinte.

Para jogar pela internet, no Portal Loterias Online, o apostador precisa ser maior de 18 anos e efetuar um pequeno cadastro. O cliente escolhe seus palpites, insere no carrinho e paga todas as suas apostas de uma só vez, utilizando o cartão de crédito. O valor mínimo da compra no Portal (que pode conter apostas de todas as modalidades disponíveis no site) é de R$ 30,00 e máximo de R$ 500,00 por dia.

mega sena
Para ter mais chances de ganhar na MEGA SENA DA VIRADA a dica é apostar
no BOLÃO CAIXA (Foto: Google Imagens)

Bolão CAIXA
Apostadores que quiserem mais chances de ganhar podem fazer um Bolão CAIXA, dividindo cotas com amigos e familiares. O bolão também pode ser solicitado diretamente ao atendente da lotérica, informando os números da aposta e a quantidade de pessoas que participarão. Na Mega-Sena, os bolões têm preço mínimo de R$ 10,00, mas cada cota não pode ser inferior a R$ 4,00. É possível realizar um bolão de no mínimo 2 e no máximo 100 cotas.

Também pode ser adquirida uma cota de bolão organizado pelas lotéricas, podendo pagar uma tarifa de serviço de até 35%. O atendente registrará a aposta e emitirá o recibo da cota, com o qual o apostador poderá resgatar seu prêmio.

Mega-Sena
Nesta quarta-feira (07), a Mega-Sena promete R$ 22 milhões para o apostador que acertar os seis números da sorte. O concurso 2.095 será sorteado a partir das 20h (horário de Brasília) no Caminhão da Sorte da CAIXA, que está em Manhumirim (MG), estacionado na Praça do Coreto. Caso apenas um ganhador leve o prêmio da Mega-Sena e aplique todo o valor na Poupança da CAIXA, receberá R$ 81,7 mil em rendimentos mensais.

Última atualização em Seg, 05 de Novembro de 2018 13:34
 

Kerry Washington usa óculos de sol da Fendi

349554 838849 fendi cuteye sunglasses for kerry washington web

Kerry Washington usando óculos de sol FENDI CUTEYE (Getty Images)

 

Na última segunda, 29 de outubro, a atriz norte-americana Kerry Washington foi vista em Nova York usando o óculos de sol “FENDI CUTEYE”, modelo FF 0342/s.

O modelo delicado, porém resistente, tem um estilo cool com o formato olho de gato em aço inoxidável, que é realçado pelas cores em tons pastéis das lentes. As opções de cores são ouro com lentes marrom e azul-claro, aço inoxidável com lentes cor-de-rosa/azul, e aço inoxidável paládio com lentes amarelo/cinza.

349554 838850 fendi ff0342s fashion show 2017410avbu1 r02 r 1.769 00 web
FENDI-FF0342S FASHION SHOW 2017410AVBU1 R02 - R$ 1.769,00 (Divulgação)

349554 838846 fendi ff0342s fashion show 2017410b1zho r00 r 1.769 00 web
FENDI-FF0342S FASHION SHOW 2017410AVBU1 R02 - R$ 1.769,00 (Divulgação)

 

Os óculos estão disponíveis nas melhores óticas do país por R$1.769,00.

Sobre a Safilo

O Grupo Safilo é o criador de óculos italiano totalmente integrado e distribuidor mundial de qualidade e confiança, líder no setor premium de óculos de sol, armações e óculos esportivos. Design inspirado e direcionado à marca, a Safilo traduz um design extraordinário em excelentes produtos criados graças à especialização superior em artesanato de 1878. Com uma extensa rede global de distribuição em 40 países - na América do Norte e América Latina, Europa, Oriente Médio e África, e Ásia-Pacífico e China - a Safilo está comprometida com a distribuição de qualidade de seus produtos em todo o mundo. O portfólio da Safilo inclui Carrera, Polaroid, Smith, Safilo, Dior, Dior, Fendi, Banana Republic, Bobbi Brown, BOSS, BOSS Orange, Elie Saab, Fóssil, Givenchy, havaianas, Jack Spade, Jimmy Choo, Juicy Couture, kate Spade New York, Liz Claiborne, Love Moschino, Marc Jacobs, Max Mara, Max & Co., Moschino, Pierre Cardin, Pano e osso, Saks Fifth Avenue, Swatch e Tommy Hilfiger.

Última atualização em Qua, 31 de Outubro de 2018 19:18
 

Homenagem ao Queen - Bohemian Rhapsody

 SharedImage 83983
“Bohemian Rhapsody” é a história da banda inglesa Queen (Foto: Divulgação)

 

 

“Bohemian Rhapsody” é uma cinebiografia que conta a história da banda inglesa Queen, e como não poderia deixar de ser, tem o foco no vocalista Freddie Mercury, que tinha genialidade na voz, nas composições e nas interpretações.

 

Ao longo do filme entendemos que Freddie não seria quem ele se tornou, sem os outros três integrantes da banda, e nem a banda seria grande, sem ele.

 

Mas, percebemos também a coragem, a grandiosidade, a busca pela perfeição que o cantor tinha em seu trabalho.

 

A história começa com Freddie Mercury adentrando o palco do Live Aid em 1985, onde um grande concerto de rock foi feito com o objetivo de angariar fundos em prol dos famintos da Etiópia. Foi a transmissão televisiva por satélite mais ambiciosa já tentada até então.

 

 

A partir desse momento somos transportados para 1970 quando Freddie conhece os integrantes de uma banda, que acabara de perder o vocalista e iniciam assim, juntos, suas jornadas de sucesso e reconhecimento mundial.

 

Apesar de conhecermos boa parte da história da banda e sabermos da morte precoce do vocalista, é muito bom ver em cena, e de uma forma espetacular, como eles se juntaram, se uniram e escreveram tanta coisa linda na história da música.

 

O ator Rami Malek encarna Freddie Mercury de um modo espantoso. A gente tem a impressão de estar diante de uma performance do próprio vocalista.

 

E apesar de o grande público não saber como ele agia fora do palco ou na intimidade de sua casa, com seus amigos e familiares, acaba aceitando, facilmente, o modo como ele é interpretado, na telona.

 

Mas, no que tange aos palcos e às aparições públicas, não ficam dúvidas, ele está perfeito, tanto nos trejeitos corporais, quanto faciais. É dele grande parte do sucesso do filme.

 

Junto dele, os atores que interpretam os outros integrantes da banda, Gwilym Lee (Brian May), Joseph Mazzello (John Deacon) e Ben Hardy (Roger Taylor) também estão sensacionais.

 

 

Além das excelentes interpretações, que acabam fazendo com que reconheçamos os membros da banda, e as caracterizações, que estão excelentes, os atores parecem lembrar fisicamente o Queen. A gente tem a impressão de que esse elenco se transforma na banda, o que, obviamente, é excelente para o filme.

 

O diretor Bryan Singer, acostumado a grandes produções, entrega um filme coeso, que realmente narra e faz jus à história da banda.

 

Ele ainda conta com um elenco sintonizado e com ótimos efeitos especiais.

Não precisaria nem falar da trilha sonora, certo? Mas, lá vai, todos os grandes sucessos da banda estão lá.

 

mercury malek maxw 650
Veja a semelhança de Rami Malek interpreta Freddie Mercury no filme dedicado ao Queen (Foto: Google Imagens)

 

 

rami malek freddie mercury1 1
Rami Malek em cena do filme "Bohemian Rhapdosy" (Foto: Divulgação)

 

E não tenha dúvida de que você vai cantar junto com eles, como se estivesse assistindo da plateia do show e não da plateia do cinema!

 

 

Assistir à “Bohemian Rhapdosy” é um prazer, o longa encanta pela impressionante história da banda, por poder mostrar os bastidores dos shows e da vida de um dos maiores ícones da música mundial e por nos levar para dentro desses shows, como se fizéssemos parte dele.

 

Se você é fã da banda (acho que todo mundo é) você vai se emocionar e muito com esse filme, por isso, leve uma caixa de lenços, ela, com certeza, será necessária.

 

 

 

Título Original: Bohemian Rhapsody

Gênero: Cinebiografia/Drama
Tempo de Duração: 2 horas e 15 minutos
Ano de Lançamento: 2018

Direção: Bryan Singer

Elenco: Rami Malek, Lucy Boynton, Gwilym Lee, Joseph Mazzello, Ben Hardy, Aaron McCusker, Aidan Gillen, Tom Hollander, Mike Myers, Allen Leech.

RITA VAZ

TUDO SOBRE FILME – www.tudosobrefilme.com.br

Última atualização em Qua, 31 de Outubro de 2018 17:43
 

Cinema - O Primeiro Homem

 

hqdefault

"O Primeiro Homem" conta a história de Neil Armstrong (Foto: Divulgação)

“O Primeiro Homem” conta a história recente de um homem que marcou a história da humanidade.

 

O filme começa e já somos colocados dentro de um avião de teste, que sobe, sobe e vai além da nossa atmosfera.

 

Dentro dele está Neil Armstrong, o homem que alguns anos depois, vai ser o primeiro a pisar na lua.

 

Estamos em 1961 em plena Guerra Fria e os Estados Unidos já perdeu algumas corridas espaciais para a então União Soviética e farão de tudo para não perder mais uma.

 

Armstrong é apresentado na telona como um homem introspectivo, de poucas palavras, bastante típico da época onde o homem trabalhava fora, era o provedor do lar e as mulheres cuidavam da casa e da família.

 

Além de todo o trabalho como piloto, um drama pessoal acompanha o astronauta durante toda a história que passa entre 1961 e 1969.

 

43
O astronauta Neil Armstrong, o primeiro homem a pisar na Lua, morreu aos 82 anos. 

 

Os homens que na época prestavam serviço para a Nasa, corriam risco de vida a cada teste, eram voos experimentais e decolagens que não davam certo e a habilidade e sorte de cada um, desenhou a história como a conhecemos.

 

O diretor Damien Chazelle fez um filme focado na biografia de Armstrong.

 

A corrida espacial, o enorme valor gasto nesse projeto e a ansiedade do governo e da população diante de tudo isso, é somente colocado em cena algumas vezes. O que interessa realmente é Armstrong.

 

Você pode observar que uma boa parte da história é mostrada em closes ups, deixando aí mais uma dica do interesse maior do diretor.

 

Além dos closes, o filme foi feito com uma imagem toda granulada nos remetendo a imagens da década de 1960.

 

O design de som também é personagem no filme envolvendo ainda mais o espectador na história, tanto com o alto volume, quanto com o silêncio.

 

Cada um deles, tem sua importante função na história.

 

“O Primeiro Homem” é um filme que deve ser visto por todos, tanto pelo cinema em si, quanto pela história. Recomendo!

 

24744509
Cena de "O Primeiro Homem" (Foto: Divulgação)

 

 

 

 

Título Original: First Man

Gênero: Drama/Biografia
Tempo de Duração: 2 horas e 22 minutos
Ano de Lançamento: 2018

Direção: Damien Chazelle

Elenco: Ryan Gosling, Claire Foy, Jason Clarke, Kyle Chandler, Corey Stoll, Ciaran Hinds, Patrick Fugit, Lukas Haas, Christopher Abbott, Pablo Schreiber.

RITA VAZ

TUDO SOBRE FILME – www.tudosobrefilme.com.br

Última atualização em Qua, 31 de Outubro de 2018 11:44
 


Página 7 de 160
Copyright © 2011 Acontece Curitiba. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por LinkWell.